Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Fox Sports 2 é planejada para janeiro de 2014

Don Draper bateu o Flamengo na noite de anteontem na Grande São Paulo: com Mad Men, a Cultura atingiu 1,5 ponto de média no Ibope, vencendo a Band, que somou 1,3 ponto com um jogo entre o rubro-negro e o Campinense.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

03 de maio de 2013 | 02h10

A Cultura obteve crescimento de 25% na audiência da faixa de Mad Men, entre o 1º e o 2º episódio da série, exibido anteontem.

Se perdeu espaço à noite, a Band se deu bem com o futebol da tarde, quando Barcelona x Bayern de Munique levou a emissora ao segundo lugar no ranking de audiência, por 20 minutos. Na média geral, o jogo obteve 7 pontos de média no Ibope da Grande São Paulo.

Outra leitura de números: Gugu venceu o SBT por decimais no Ibope de abril, mas, como seu programa não concorre com o de Eliana do início ao fim, ela também garantiu ao SBT a vice-liderança em abril, com 7,5 a 7,1 pontos no total.

No embate direto com Gugu, Eliana leva ainda mais vantagem, com 7,6 a 6 pontos.

Luciana Gimenez e Paulo Miklos estão combinando de se encontrar. Ele ficou de ir ao Luciana By Night, na RedeTV!, e ela, então retribuirá a visita ao participar do novo talk show dele, o Paulo Miklos Show, na Mix TV.

O Arte 1, canal pago do Grupo Bandeirantes, acaba de adquirir a série Amores Expressos, boa produção da Academia de Filmes. Dirigida por Tadeu Jungle e Estela Renner, a série de documentários apresenta 16 escritores brasileiros em cidades ao redor do mundo, como Paris, Tóquio, Cairo e Havana.

O canal Première acaba de conseguir os direitos de exibição do Campeonato Paranaense e promete exibir a reta final do evento. A transmissão desse regional ficou empacada até na TV aberta.

Sem os cabelos desgrenhados do Max de Avenida Brasil, Marcello Novaes vai sorrir pouco no filme Casa Grande, de Fellipe Barbosa, em que encarna Hugo, casado com Sandra (Suzana Pires), O casal está endividado e precisa dispensar o motorista.

Planejada para janeiro, a estreia de um segundo canal de esportes da Fox no Brasil ainda depende da negociação com as operadoras locais, mas, em ano de Copa do Mundo por aqui, acredita-se que a nova sintonia será de todo o interesse para o mercado de TV e de anunciantes. Enquanto procura novos espaços em São Paulo para ampliar seus estúdios, o grupo quer contar com um segundo canal que o ajude a suprir a necessidade de espaço em grade, já que muitas vezes ocorrem eventos ao vivo simultâneos e, sem opção por um deles, a Fox acaba descarregando um deles em outros canais - como o FX, que já chegou a abrigar partidas da Libertadores.

Sem grana

Tudo o que sabemos sobre:
Cristina Padiglione

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.