Fox rebaixa ainda mais o nível dos reality shows

A Fox coloca no ar no dia 3 um novo reality show, Married by America. O tema do show são casamentos arranjados - pelo público, que vai votar pelo telefone. Nos primeiros três episódios, de um total de sete, serão selecionados pretendentes para cada um de cinco solteirões (de ambos os sexos). A tarefa é de parentes, amigos e "especialistas em relacionamentos".Depois da pré-seleção, o público vai votar em quem fica com quem. A seguir, vem a fase dos noivados. Até aí, tudo bem, mas a proposta vai ser feita sem que um conheça o outro. Ou seja: o "casamento" vai ser feito "pela América". No período de cinco semanas, o público também vai ver os novos casais morando junto, conhecendo as respectivas famílias e organizando o casório,marcado para o início de abril. No episódio final, os casais decidem se vão de fato casar, se cada um segue seu caminho ou se precisarão de mais tempo para pensar.É por idéias como esta que, nos últimos dois meses, a Fox passou de quarto para primeiro lugar entre as maiores emissoras de TV americanas, passando as gigantes ABC, CBS e NBC. Osótimos números dela esta semana começaram com a audiência alta de Os Simpsons, cujos episódios 300 e 301 foram ao ar no domingo. Outros hits da emissora neste inverno boreal baixam o conceito de reality show até níveis que pouca gente achava que a TV americana poderia atingir.Em Man vs. Beast, humanos e animais disputam vários tipos de competição: um atleta aposta corrida com uma girafa e uma zebra, um lutador de sumô briga com um gorila, um grupo de anões e um elefante tentam puxar um avião com uma corda e por aí vai. Em Bridezillas, o título é o melhor de tudo: o programamostra os bastidores da preparação de cerimônias de casamento em que as noivas são "vacas" que fazem de tudo para conseguir o que querem.Outros clássicos são Looking for Love: Bachelorettes in Alaska (Alasca é o estado americano com a menor população feminina, ou seja, ótimo para arrumar marido), TemptationIsland (que volta para sua terceira temporada em breve), 30 Seconds to Fame (um show de calouros em que vale tudo, contanto que seja apresentado em apenas meio minuto) e muitomais. Para esta semana, a Fox conseguiu entrar na onda Michael Jackson. Especula-se que a emissora tenha pago US$ 5 milhões para exibir amanhã o especial Michael Jackson Take 2: The Interview They Wouldn´t Show You, com imagens gravadas pela equipe do pop star - seu "troco" -durante a polêmica entrevista do jornalista Martin Bashir para a emissora britânica ITV1.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.