Fox exibe quinta temporada da série 24 horas

Quem acompanhou as últimas quatro temporadas do seriado 24 Horas, sabe que há dias em que o agente da unidade de contra-terrorismo Jack Bauer teria preferido nem sair de casa. Em apenas 24 horas, o personagem de Kiefer Sutherland já provou ser capaz de livrar os Estados Unidos de um ataque com armas nucleares, salvar a vida do presidente, livrar o país de um vírus mortal, e ainda desbaratar uma organização terrorista. Nessa última aventura, aliás, a confusão foi tão grande que o talentoso agente teve que se fingir de morto. Tudo para evitar um incidente diplomático com a China,que o levaria a enfrentar mais um dia daqueles - mais uma vez. Nessa quinta temporada, que estréia amanhã na Fox, às 22 horas, encontramos Jack 18 meses depois do fim da temporada anterior. De calça surrada, camisa de flanela e barba por fazer, Jack se encontra na fila de trabalho temporário, em pleno deserto do Mojave, na Califórnia. O tradicional reloginho, a marca registrada da série, avisa que a ação se passa entre 7 horas e 8 horas da manhã. E nesse tempo, o agente, que assumiu a identidade de Frank Flinn - um trabalhador braçal - é dispensado do serviço e volta cabisbaixo para casa. E ensimesmados ficam os telespectadores: como é possível que o homem que salvou os EUA tantas vezes, viva num puxadinho bem acabrunhado, sem nenhum conforto? É pela televisão, daquelas bem antigas, que ele fica sabendo do assassinato que vai marcar o início da ação, menos de 15 minutos após o início do programa. O ex-presidente David Palmer, vivido pelo ator Dennis Haysbert, é baleado. E ele é só o primeiro dos cinco mortos e três feridos que habitam o primeiro episódio, que mistura o suspense habitual a personagens da temporada anterior e novas participações. Entre elas, a ótima Jean Smart, que vive a primeira dama Martha Logan, mulher do presidente que ficou marcado na última temporada por ser inseguro, incapaz de tomar decisões... um verdadeiro banana. Bill Buchanan (James Morrison) responde pela atuação do CTU, a Unidade de Contra-Terrorismo, juntamente com os agentes Curtis Manning (Roger Cross), Edgar Stiles (Louis Lombarda) e Chloe O?Brien (Mary Lynn Rajskub). Outro destaque é a volta dos personagens Tony Almeida (Carlos Bernard) e Audrey Raines (Kim Raver), além de Lynn McGill (Sean Astin), que é reintegrado ao CTU. A nova temporada estreou no início do ano nos EUA e na internet não faltam sites de fãs sobre a trama. Sem revelar mais sobre a crise que Jack terá que resolver, para não estragar a surpresa, dá para adiantar que a criatividade dos idealizadores da série não tem limites. Mesmo. As armas químicas são o pesadelo da vez. E o dilema é sobre sacrificar centenas de pessoas para salvar alguns milhares. Tenso, não? Para quem perdeu a temporada anterior, a Fox reapresenta hoje todos os episódios da quarta temporada de 24 Horas. A maratona termina às 22 horas do dia 13. Além do primeiro episódio da quinta temporada a emissora exibe, às 23 horas, a estréia do segundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.