Fotógrafo sem pernas registra olhares curiosos

Kevin Connolly viajou 15 países e tirou fotos dos olhares curiosos.

Da BBC Brasil, BBC

19 Fevereiro 2008 | 11h30

O fotógrafo americano Kevin Connolly, que não tem pernas, viajou 15 países em cima de seu skate para registrar os olhares curiosos das pessoas sobre sua condição física. Connolly selecionou algumas das mais de 32 mil fotos que registrou durante a viagem e as publicou na internet no site do que chamou de Rolling Exhibition (Exposição Rolante, em tradução livre). Connolly, que nasceu sem as pernas, disse à BBC Brasil que decidiu fazer as fotos depois de se sentir incomodado com os olhares das pessoas durante uma viagem que realizou pela Europa. "Na Ucrânia vieram me perguntar se eu era um homem santo ou um mendigo. Em Viena, a tendência das pessoas acharem que eu era um indigente aumentou, e eu comecei a me sentir isolado. Então comecei a fazer as fotos", conta. As imagens fizeram Connolly pensar em uma série de fotografias sobre os olhares em vários países. Cultura Em entrevista à BBC Brasil, Connolly contou que a reação inicial das pessoas é a mesma, mas a narrativa que cada um constrói sobre sua condição muda de acordo com a cultura. "O diálogo interno que alguém pode ter depois de me ver será bem diferente se a pessoa for um banqueiro em Nova York ou um Padre Ortodoxo na Romênia", afirmou. Connolly diz que teve que "aprender" a carregar o "fardo de ser encarado pelas pessoas" e a se sentir confortável nesta situação. Connolly disse ainda que o próximo passo será fazer um documentário sobre as reações das pessoas em vários países. Ele conta ainda que a América do Sul está no roteiro da próxima viagem. "Quero voltar a tirar as fotos assim que puder. Quero viajar ao redor do mundo", disse Connolly à BBC Brasil. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.