Fotógrafo processa Mike Tyson por agressão e pede US$ 25 mi

Antonio Echevarria diz que boxeador deu um soco nele em novembro do ano passado no aeroporto de Los Angeles

Efe

19 de outubro de 2010 | 05h35

LOS ANGELES - Um fotógrafo de Los Angeles processou o ex-pugilista Mike Tyson por agressão e pediu na Justiça US$ 25 milhões pelos danos causados, informou na segunda-feira, 18, o site TMZ.

Antonio Echevarria acusou o ex-campeão dos pesos pesados de dar um soco em novembro do ano passado quando o paparazzo tentava fotografá-lo no aeroporto internacional de Los Angeles.

Após o incidente, Tyson foi detido por assalto e lesões, mas, posteriormente, o promotor de Justiça desistiu das acusações por "evidências insuficientes".

Segundo Echevarria, Tyson deu um soco nele com o punho esquerdo e quebrou sua câmera. O fotógrafo disse ter lesionado a medula e pediu US$ 25 milhões de indenização.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.