Fórum consolida discussão do Espírito e da Ciência no Brasil

O escritor e jornalista Eduardo Castor Borgonovi, um dos observadores do primeiro Fórum Mundial Espírito e Ciência, faz sua análise sobre o evento, que está sendo realizado no ParlaMundi da LBV, em Brasília:"O Fórum está maravilhoso. Como a gente previa, o Fórum está colocando o Brasil na ponta do pensamento mundial que está tentando salvar o planeta, salvar o meio ambiente, e que está mudando completamente a visão da vida, da relação com Deus, com os santos, os seres invisíveis e com o Universo de uma maneira geral."Inclusive, Pietro Ubaldi, quando escreveu a Grande Síntese, determinou que o ano em que isso começaria a acontecer seria o ano 2000. E a LBV, hoje, graças à iniciativa pioneira de Paiva Netto, está realizando na prática aquilo que foi previsto por Pietro Ubaldi, não há dúvida."No Brasil, é a primeira vez que se realiza um Fórum dessa grandeza, com nomes como Patrick Drouot. E todos os demais que estão aqui. Então, conseguimos, graças a Deus, pegar o bonde da história desta vez, nesse movimento de um novo paradigma científico do ressurgimento da relação Espírito e Ciência. Esses movimentos existem há algum tempo, mas nós ainda não estávamos participando, ele é muito novo. Mas, agora, estamos, a partir desse Fórum, entrando nesse movimento e não vamos mais sair. E agora, graças a Deus, o Brasil, que tanto precisa disso, já está incluído."Esse Fórum não pode acabar aqui. Ele tem de criar uma mentalidade e um trabalho que vá para todas as escolas do País e para a cabeça de todos os professores e de todas as pessoas que estão educando as crianças, porque, se não as educarmos de uma maneira diferente, não vamos conseguir quebrar o ciclo de pensamentos errados de competição, desamor, falta de amor pelo ambiente e de materialismo. Portanto, é preciso que esse Fórum transcenda e se espalhe pelo País, onde houver um professor, principalmente nas escolas da LBV, para que as crianças aprendam isso, porque só elas vão crescer e construir um mundo melhor e diferente."O Fórum tem, agora falando na ciência nova, um aspecto físico que é o ParlaMundi e essas pessoas que estão falando como conferencistas. Entretanto, possui também um aspecto siderespacial energético. Que ele se espalhe por todos os pontos, que vá para todas as almas, não em forma física, material, e sim, espiritual".O Fórum teve início no dia 18 e vai até o dia 21. Ainda passarão por ele ilustres conferencistas como os físicos Amit Goswuami e Patrick Drouot, o astronauta Alexander Lazutkin, o filósofo Raul Jacobo Albala, a escritora Mônica Bonfiglio, o Xamã Edwin Florez Zevallos "K´uichy", a psiquiatra Uma Krishnamurty e o professor José Hermógenes, entre outros.O ParlaMundi da LBV está localizado na Quadra 915 Sul, em Brasília. Outras informações pelo tel: (61) 245-1070.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.