Fórmula do "Big Brother" está longe de se esgotar

O Brasil está entre os países que mais edições de Big Brother já exibiram na TV. Ao lado dos Estados Unidos, da Inglaterra, da Itália e da Espanha, o País já está em sua 5.ª edição da atração, que estréia em janeiro, na Globo. No México, onde os participantes do BB são celebridades, o programa ainda está na 3.ª edição. Austrália, Bélgica e Suécia chegaram à 4.ª edição, enquanto a Dinamarca ainda colhe os frutos do terceiro Big Brother. Na Inglaterra, onde a 5.ª edição já acabou, o Channel 4 já planeja a 6.ª edição, sem perder o fôlego para criar burburinho. A última edição britânica do reality show atraiu 6 milhões de telespectadores no dia em que exibiu cenas de sexo envolvendo dois participantes. A polêmica não parou por aí. O vencedor do reality foi um travesti chamado Nadia Almada. Já a TV búlgara NTV acabou de comprar da produtora Endemol os direitos para produzir sua 1.ª edição da atração. É a primeira vez que o país exibe um reality show. O Big Brother búlgaro seguirá as regras originais da atração - como ocorre no Brasil - e tem estréia prevista para 17 de outubro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.