"Forbes" lista os mortos mais rentáveis do showbiz

O primeiro é Elvis Presley, com US$ 40 milhões de dólares. A maior parte do do dinheiro veio da venda de entradas para visitar sua mansão em Graceland, próximo a Memphis, no Tennessee, e de royalties da comercialização de seus discos. Elvis vende ainda camisetas com sua assinatura e fotos e fatura alto com suas atuações póstumas em propagandas do chá Lipton, das baterias Energizer e da Apple, fabricante de computadores. O segundo da lista é Charles M. Schultz, criador de personagens inteligentes e marotos como o menino Charlie Brown. Suas tiras ainda são lidas em 2.400 jornais de todo o mundo. Com direitos autorais e as vendas de travesseiros, guardanapos, jogos, bonecos e anúncios com imagens de suas criaturinhas, a Charles M. Schultz Creative Associates, que administra seus bens, lucrou mais de US$ 32 milhões. JRR Tolkien, autor da trilogia ?Senhor dos Aneis?, vem em terceiro. Sua obra vendeu 8,6 milhões de cópias nos Estados Unidos e a adaptação para o cinema de ?As Duas Torres? faturou até agora US$ 920 milhões. Isso lhe rendeu, em 2003, US$ 22 milhões. Completam os top 5 da Forbes, os ex- Beatles John Lennon (US$ 19 milhões) e George Harrison (US$ 16 milhões).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.