Fora de Controle, boa surpresa

A Onda dos Sonhos

LUIZ CARLOS MERTEN, O Estado de S.Paulo

17 de dezembro de 2011 | 03h11

15H30 NA RECORD

(Blue Crush). EUA/Alemanha, 2002. Direção de John Stockwell, com Kate Bosworth, Matthew Davis, Michelle Rodriguez, Sanoe Lake, Mika Boorem.

Garota que sonha ganhar campeonato de surfe se envolve com astro do futebol americano e começa a se desligar do seu objetivo. Mas, na hora H, ele próprio... Veja, mas não espere grande coisa. Houve uma sequência em que a heroína viaja para a África do Sul para realizar o sonho da mãe - surfar na famosa Jeffrey's Bay. Reprise, colorido, 102 min.

Apollo 13

16H45 NA BANDEIRANTES

(Apollo 13). EUA, 1995. Direção de Ron Howard, com Tom Hanks, Kevin Bacon, Bill Paxton, Gary Sinise, Ed Harris, Kathleen Quinlan, David Andrews.

O que seria a história de um fracasso - falha técnica deixa a nave Apollo à deriva no espaço - vira a representação perfeita de dois temas clássicos do cinema norte-americano. Graças à tenacidade da tripulação e da equipe da Nasa, em Terra, Tom Hanks e seus amigos têm direito a uma segunda chance e voltam para casa. Benfeito, com grandes efeitos especiais e acurada reconstituição de época (os anos 1970). Reprise, colorido, 138 min.

Sonoroscópio SP

19 H NA CULTURA

Brasil, 2004. Direção de Kiko Goifman e Rachel Monteiro.

Lívio Tragtenberg conduz o público numa viagem pela imigração em São Paulo a partir das sonoridades que vão identificando a origem dos vários grupos sociais. Batuques, cozinhas, línguas, rituais, vale tudo para descobrir a 'música' da metrópole. Reprise, colorido, 54 min.

Superman - O Retorno

21H15 NO SBT

(Superman Returns). EUA, 2006. Direção de Bryan Singer, com Brandon Routh, Kevin Spacey, Kate Bosworth, Frank Langella, Eva Marie Saint, James Marsden, Parker Posey.

A tentativa de ressuscitar a série do Super-Homem, quase 20 anos depois do último filme com Christopher Reeve, não deu muito certo (em termos de bilheteria), mas a ação é legal e o ator Brandon Routh é bom. Na trama, Superman desaparece por cinco anos. Ao voltar à Terra, reencontra Lois Lane casada (e mãe). Um outro Superman ainda está em produção, para estrear em 2013. Zach Snyder dirige e Henry Cavill é quem faz o papel. Reprise, colorido, 154 min.

Dona Violante Miranda

22H15 NA CULTURA

Brasil, 1960. Direção de Fernando de Barros, com Dercy Gonçalves, Odete Lara, Célia Coutinho, Mauro Mendonça, Giedre Valeika.

A peça de Abílio Pereira de Almeida havia sido escrito especialmente para Dercy Gonçalves e ela deita e rola no papel da dona de bordel que cria a filha de uma de suas pensionistas como neta e manda a menina estudar em Paris. A garota volta chiquérrima, de olho na fortuna de um coronel, mas se havia coisa de que Pereira de Almeida duvidava era da moral da burguesia paulistana. Não por acaso, ele também escreveu Moral em Concordata, que também havia virado filme (antes) de Fernando de Barros. um bom aquecimento para a minissérie Dercy, que vai ao ar na Globo, em janeiro. Reprise, preto e branco, 74 min.

Benjamin

22H30 NA TV BRASIL

Brasil, 2004. Direção de Monique

Gardenberg, com Paulo José, Cléo Pires, Danton Mello, Chico Diaz,

Guilherme Leme.

A TV Brasil reprisa, na TV aberta, o filme que o Canal Brasil exibiu terça-feira, na paga. É a adaptação do livro de Chico Buarque sobre homem que encontra garota e, por meio dela, relembra um amor do passado. Não para todos os gostos, mas feito com capricho (e olho nas possibilidades da linguagem, como o livro, aliás). Reprise, colorido, 97 min.

Elf: Um Duende em Nova York

22H45 NO SBT

(Elf). EUA, 2003. Direção de Jon Favreu , com Will Ferrell, James Caan, Zooey Deschanel, Mary Steenburgen.

Elfo de Papai Noel descobre que é humano e parte para Nova York, em busca do pai verdadeiro. Um raro caso de miscast - James Caan, como o pai, estraga o que poderia ser boa diversão. Reprise, colorido, 95 min.

Fora de Controle

23H25 NA GLOBO

(Changing Lanes). EUA, 2002. Direção de Roger Michell, com Ben Affleck, Samuel L. Jackson, Toni Collette,

Sydney Pollack, William Hurt.

O carro do yuppie Ben Affleck choca-se com o do operário Samuel L. Jackson. O primeiro foge, o outro vai atrás. Inicia-se uma guerra. Bem interpretado, o filme do diretor Michell surpreende ao expor a vulnerabilidade de ambos os personagens - e tratar de temas como a ética da vida cotidiana (e não apenas em momentos especiais). Reprise, colorido, 99 min.

Robocop - Destruição Total

1H25 NA BANDEIRANTES

(Robocop - Crash & Burn). Canadá, 2002. Direção de Julian Grant, com Page Fletcher, Maurice Dean Wint, Maria Del Mar, Geraint Wyn Davies.

Se a Band exibe mesmo este filme cada vez que o anuncia, deve ser um dos recordistas de reprises da TV brasileira. Robocop fica preso na torre da polícia e precisa cortar a energia de todos os computadores para evitar que Delta City seja dominada por corruptos. O personagem era tão interessante, quando surgiu com Paul Verhoeven. A expectativa é de que José Padilha, que vai fazer o próximo, consiga reinventar o herói. Reprise, colorido, 92 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.