Foo Fighters é confirmado no Lollapalooza Brasil

Foo Fighters. TV On The Radio. Arctic Monkeys. Jane?s Addiction. MGMT. Skrillex. Band of Horses. Foster the People e outros. Anunciada ontem, a escalação do Lollapalooza Brasil joga um balde d''água na ressaca de nostalgia noventista e pop de rádio que atormenta quem acompanhou todos os eventos do ano. As bandas têm discos recentes. Há bandas novas, bandas que estão no auge, bandas que lideram cenas, bandas populares e clássicos do rock: alimentação balanceada para os interessados em boa música e cultura pop. A diferença é o time de Perry Farrell, líder do Janes Addiction, que criou o festival em 1990, para reunir nomes do rock alternativo.

AE, Agência Estado

22 de novembro de 2011 | 10h21

Por mais que tenha concebido uma marca rentável e popular (nos Estados Unidos é um dos mais mainstream), que esteja expandindo-a para a América do Sul, o line-up indica um compromisso com a novidade que coloca o Lollapalooza ao lado do Terra como os dois eventos mais relevantes do ano. "Eu tenho um romance interminável com a cultura alternativa", conta Perry, após a coletiva de imprensa realizada ontem, no Jockey Club, onde ocorre o evento nos dias 7 e 8 de abril do ano que vem. "O pop de rádio nunca me deu uma ereção. Meu cabelo nunca ficou arrepiado com esse tipo de música. Só vendo o que eu sinto ser autêntico, o que vem direto do coração", completa.

Populismo ou não, fãs brasileiros poderão assistir a TV On The Radio, uma das bandas mais influentes da última década, que esteve por aqui antes de chegar ao apogeu. Para os fãs de indie mainstream, há Foster the People, que atualmente domina as rádios com o hit "Pumped up Kicks". Para o nostálgico há Joan Jett and the Black Hearts, The Crystal Method e o próprio Janes Addiction, que acaba de lançar um disco com Dave Sitek, o brilhante produtor por trás do TV On the Radio. Foo Fighters deve esgotar sozinho os ingressos do festival, pois já há um movimento de crowdfunding na internet para trazê-los. O novato DJ Skrillex, que toca uma espécie de dubstep emo altamente popular com a juventude americana, é um fenômeno a ser averiguado. Calvin Harris, outro popular DJ, e Bassnectar, incensado produtor, estão na crista do hype eletrônico. O popular Arctic Monkeys toca e, junto ao indie pop de MGMT e Friendly Fires, trará em massa os hipsters paulistanos. Band of Horses faz seu acústico intimista.

Para o público em geral, os ingressos estarão disponíveis desde o dia 4 de dezembro. Para quem se cadastrou no site do evento, uma pré-venda está aberta desde meia-noite. Estes ingressos serão vendidos a R$ 500 (inteira pelos dois dias) e R$ 250 (meia). Os que estarão disponíveis em dezembro devem ser mais caros. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Atrações:

Foo Fighters

Artic Monkeys

TV on The Radio

MGMT

Thievery Corporation

Peaches

Calvin Harris

Joan Jett & Blackhearts

The Crystal Method

Band of Horses

Friendly Fires

Gogol Bordello

Tudo o que sabemos sobre:
músicaLollapalooza Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.