Flórida encerra censura a James

O picante best-seller de 2011, Fifty Shades of Grey, da autora E. L. James, vai retornar às prateleiras de bibliotecas em Brevard County, na Flórida, após ter sido polemicamente censurado na região, conta o Guardian. Bibliotecárias cederam a uma petição de moradores, que apontavam o ato anticonstitucional, ressaltando que, nas mesmas bibliotecas, estão cópias de Kama Sutra e Trópico de Câncer. O livro, que conta a história da relação entre uma recém-formada da faculdade e um bilionário, já vendeu mais de 10 milhões de cópias nos Estados Unidos e deve ter sua versão em português lançada no Brasil ainda este ano. / THE GUARDIAN

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.