Flávia Alessandra substitui Luana Piovani em "Pé na Jaca"

Luana Piovani fez valer sua fama de garota-enxaqueca mais uma vez. Indignada com o salário oferecido pela Globo, abandonou o elenco de "Pé na Jaca", a próxima novela das oito. Surpreso com a notícia, o autor Carlos Lombardi teve de escalar Flávia Alessandra às pressas para o papel da ex-miss Carapicuíba Vanessa, uma das personagens centrais da trama.Comenta-se que Luana também se irritou com a ausência de Ricardo Waddington. Ela se irritou porque gostaria de ser dirigida por ele, mas o profissional estava em Paris, gravando outras cenas do folhetim.Na história, a personagem que seria de Luana é casada com um ex-operador da bolsa de valores de São Paulo que se muda para uma curiosa cidade chamada Deus me Livre. Falido, Arthur (Murilo Benício) e a família tentam reconstruir o patrimônio na fazenda do tio dele, um agricultor que vive de plantar jacas. Flávia, que brilhou recentemente em "Alma Gêmea" como a vilã Cristina, está em alta na emissora.Apesar do bombardeio de críticas contra Fernanda Lima nos tempos de "Bang Bang", ela também está escalada para Pé na Jaca. Desta vez, porém, interpreta ela mesma: uma modelo famosa, que vive promissora carreira internacional. A fiel escudeira da top é Pietra, uma assessora de imprensa vivida por Drica Moraes. Para o figurino dela, a equipe da Globo se inspirou na moda dos anos 60 e, sem qualquer modéstia, na inigualável Audrey Hepburn. As peças foram compradas em brechós de Paris.Prevista para substituir Cobras & Lagartos a partir de 20 de novembro, a próxima trama das sete contará com participações surpreendentes, como Lucimara Parisi (do Domingão do Faustão), Nando Dolabella (irmão caçula de Dado Dolabella) e Cinthia Falabella, irmã de Débora Falabella. Para quem já se assustava com a semelhança entre Deborah Secco e Fernanda de Freitas, a confusão vai aumentar: as duas vivem as irmãs Elizabeth e Leila. Deborah interpreta a irmã malvada, que curiosamente é uma freira. A história traz ainda Carla Marins e Sílvia Peiffer, carinhas que andavam sumidas da Globo há anos.Conhecido por seu humor mordaz, Lombardi tratou de escalar Nair Bello e Lolita Rodrigues para a dupla de fofoqueiras Tícia e Maria de Lourdes. Engraçadas como sempre, as veteranas interpretam duas beatas que vivem às turras por causa de uma santa da paróquia local. Marcos Pasquim, Marisa Orth, Evandro Mesquita e Juliana Paes também estão no elenco.Chico Anysio, que acaba de sair de cena com o fim de "Sinhá Moça", parece ter retomado de vez a carreira como ator de novela. Convidado pelo próprio Lombardi, ele assinou com a Globo para viver Cigano, um pernambucano que se diz romeno e dirige o circo da cidade. Vindo diretamente de "Malhação", entra em cena Sérgio Hondjakoff, que durante várias temporadas da novelinha jovem interpretou o divertido Cabeção. Os colegas dele, Daniele Suzuki e Guilherme Berenguer (que estiveram em "Bang Bang") também já confirmaram presença na história, assim como o galã Bruno Garcia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.