Final de Ídolos, reality show do SBT, vai ao ar hoje

Depois de inúmeras eliminatórias, de encarar a Copa do Mundo e a final da novela Belíssima, Ídolos chega a sua finalíssima. O programa desta quarta-feira colocará ´voz a voz´ os candidatos Leandro e Lucas, pela última vez. Os finalistas vão cantar quatro músicas escolhidas por formas e critérios diferentes. Entre as canções estará a que a gravadora Sony/BMG vai trabalhar para o lançamento do CD do vencedor. Duas outras músicas serão indicadas pelos jurados e a quarta e decisiva, será a que cada concorrente interpretou melhor durante o programa, segundo os próprios finalistas. O público poderá votar no seu favorito das 21h45 desta quarta até quinta às 18 horas. Ídolos vai ao ar às 21h45, e na quinta, com o resultado final, às 22h30. Se ainda não decidiu em quem votar, leia as entrevistas ao lado e bom voto. Lucas Poletto, de 20 anos"Se ganhar, quero levar adiante minha vida de cantor, mas, caso perca, muitas portas já foram abertas com o programa. Estou preparado para encarar a vida de ídolo, mas fiquei chateado com o estereótipo que me colocaram de garoto bonitinho que não sabe cantar. O Miranda (jurado) foi o que me deixou mais incomodado com o comentário que ´a minha diferença para os outros é um abismo´. O que levo de melhor são as vezes em que escapei do paredão e os poucos elogios dos jurados. A visita da Wanessa Camargo foi emocionante, até consegui falar com ela um pouco. Já o que sempre escutei durante todo este tempo enclausurado foi Ana Carolina, Jota Quest, Armandinho e música gospel" Leandro Lopes, de 22 anos "Não ganhei nada ainda, sei que será uma disputa acirrada, pois temos um estilo muito diferente. Os meses que passamos aqui me prepararam para ser um ídolo. Já sofri muito de nervosismo e ansiedade e sei que agora estou pronto. Quero fazer música inteligente, que faça o povo pensar, como faz o Zé Ramalho, meu cantor favorito. Já o momento que guardo com maior carinho foi quando o Angel voltou após ser eliminado para dar um apoio aos finalistas. Perdi a voz na hora. A participação do Dinho, do Capital Inicial, também foi marcante, pois sempre tentei seguir seu estilo. Tenho escutado muito Lulu Santos, Barry White, Iron Maiden e Kiss durante as pausas dos ensaios"Ídolos: versão brasileira de American Idol O programa estreou no canal de Silvio Santos em 5 de abril. E assim como a versão norte-americana, foi exibido às quartas e quintas neste horário.Ídolos é um reality show do qual sairá um vencedor com contrato com a gravadora Sony. Em vez dos jurados escolherem o ganhador - como no Fama e Popstars - o público é quem tem a palavra final.Foram 12 mil inscritos em todo o País. Desse grupo, ficaram 117 pré-finalistas.A partir do dia 5 de maio, Ídolos passou a ser exibido ao vivo, mostrando os shows dos 30 finalistas e a votação dos jurados - Carlos Eduardo Miranda, Arnaldo Saccomani, Cynthia Zamorano (Cyz) e Tomas Roth.American Idol é um dos programas de maior audiência da TV americana. Lá, como aqui, o público é quem escolhe o grande vencedor, mas, ao invés dos quatro jurados da versão brasileira, são três: Randy Jackson, famoso produtor norte-americano, a cantora Paula Abdul e o ótimo Simon Cowell, produtor inglês.De sua primeira temporada, saiu a genérica cantora Kelly Clarkson, que faturou dois Grammys em fevereiro, inclusive batendo o ex-beatle Paul McCartney como melhor "performance pop" do ano. Clarkson provou que a fórmula, pelo menos em sua versão original, deu muito certo.

Agencia Estado,

26 de julho de 2006 | 15h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.