Fim de semana tem Jô Soares, só que no palco

Este é o fim de semana de estréia do show Na Mira do Gordo, que o humorista Jô Soares apresenta em carne, osso e gordurinhas, coisa que ele não faz desde 1977. Com uma cadeira e uma lata de lixo no cenário, José Eugênio Soares ocupa o palco do Tom Brasil Nações Unidas, em São Paulo, com seus 65 anos e 116 quilos. E pode tirar a cadeira e a lata que o show continuará. Para ele, desde a infância, todo lugar é palco.Mais de quarenta anos de inúmeros trabalhos na tevê, no teatro, no cinema, na literatura e nas artes plásticas, o ex-pretendente a diplomata não tem a mínima dúvida de que sempre foi artista - tão artista que até desenvolveu uma fobia do anonimato. Mas Jô sabe que encontrará uma platéia cativa nas noites deste fim de semana. Depois de disparar piadas sobre política, comportamento, consumismo e dietas, entre outros assuntos, será cumprimentado, aplaudido e afagado nas coxias do Tom Brasil. Celebridade que no Brasil é reconhecida de longe, Jô sente-se rejeitado quando viaja para fora do País e anda anônimo pelas ruas. Mas a fama não evita o nervosismo das horas anteriores à apresentação. Vai subir no palco "com a boca parecendo o deserto do Saara" (reflexo da tensão) e esperar com certa ansiedade as críticas que sairão nos jornais dias depois.O foco do espetáculo são as coisas engraçadas e curiosas que acontecem na vida e no dia-a-dia de todo mundo, como quando se vai ao supermercado, por exemplo". Nem todo mundo se diverte quando vai ao supermercado. Mas quem for ver o Jô no palco com certeza vai garantir boas risadas. Serviço: Show ´Na Mira do Gordo´, com Jô Soares. Sextas e sábados, 22h, domingos, 20h, no Tom Brasil - Nações Unidas (Rua Bragança Paulista, 1281, Chácara Santo Antônio. Tel.: 5644-9800) Ingressos: R$ 30 a R$ 60

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.