Luigi Vieira
Luigi Vieira

Fim de semana em SP: Humberto Gessinger, Toquinho e mais

Confira ainda a programação cultural na cidade, com estreias no teatro e exposições

Danilo Casaletti, Especial para o Estadão

26 de novembro de 2021 | 05h00

MÚSICA

Humberto Gessinger, também conhecido por sua atuação à frente do grupo Engenheiros do Hawaii, no qual ficou até 2008, retoma a temporada do show solo Não Vejo a Hora. Inspirada no CD homônimo, lançado em 2019, que traz 11 faixas autorais, a turnê foi interrompida pela pandemia e, agora, está de volta com show no Tom Brasil, em São Paulo. “Essa retomada do show não é para fazer de conta que nada aconteceu, mas para afirmar que seguimos adiante apesar de tudo o que vivemos”, disse Gessinger ao Estadão.

Além de novas canções, como Estranho Fetiche e Um Dia de Cada Vez, o músico vai relembrar sucessos de sua trajetória, que se encaminha para quatro décadas de estrada. Por isso, no repertório, estarão músicas que farão o público cantar junto, como Infinita Highway e Refrão de Bolero, dois grandes hits do rock brasileiro.

No palco, Gessinger – que, além de cantar, tocará baixo, gaita e viola caipira – estará acompanhado pelos músicos Felipe Rotta (guitarra e violão) e Rafael Bisogno (bateria e percussão). Aliás, esse formato de trio é o mesmo que ele usou para gravar o álbum Não Vejo a Hora, sonoridade que ele leva agora para a turnê. 

Sáb. (27), 22h. Tom Brasil. R. Bragança Paulista, 1.281, Chácara Santo Antônio. Ingressos Eventim R$ 120/R$ 240

Tributo a João Gilberto

O cantor e violonista Renato Braz e o clarinetista Nailor Proveta apresentam o show Tributo a João Gilberto, no projeto Palco Virtual do Itáu Cultural. A apresentação faz parte dos eventos de lançamento da biografia Amoroso, escrita por Zuza Homem de Mello, que conta a vida e a carreira de um dos criadores da bossa nova. Canções como Eu Vim da Bahia, Caminhos Cruzados, Pra que Discutir com Madame e Estate estarão no repertório.

Hoje (26), 20h. Ingressos em aqui. Grátis.

Marcelo Jeneci

O cantor e compositor Marcelo Jeneci retoma a temporada de Guaia, baseada em seu mais recente disco, que tem músicas como Melodia da Noite, Oxente e Redenção. Ele também promete cantar canções que marcaram sua carreira, entre elas, Felicidade, Pra Sonhar e Dia a Dia, Lado a Lado.

Hoje (26) e sáb. (27), 20h. Sesc Santo Amaro. R. Amador Bueno, 505, Santo Amaro. R$ 20/R$ 40.

Toquinho

Toquinho apresenta o show A Arte de Viver, inspirado em seu último trabalho, de mesmo nome, no qual assina composições com Paulo César Pinheiro. Ao lado dele, a cantora Camilla Faustino. 

Dom. (28), 19h30. Bourbon Street. R. Dos Chanés, 127, Moema. R$ 185.

Música erudita

O projeto Clássicos com Jean William e Rafael Altro leva aos palcos o dueto do tenor Jean William e do violonista Rafael Altro. O repertório contempla clássicos de diferentes períodos da história, com obras populares de Franz Schubert, Heitor Villa-Lobos, Antonio Vivaldi e Eduardo Di Capua.

3ª (30), 20h. Unibes Cultural. R. Oscar Freire, 2.500. Estação de Metrô Sumaré. Gratuito. Reservas aqui.

Álbum histórico

O cantor e compositor Romulo Fróes apresenta o show Romulo Fróes Canta Transa, em que faz um tributo a um dos discos mais celebrados da carreira de Caetano Veloso, lançado em 1972, enquanto ele estava exilado em Londres. Nesse trabalho, ao qual Fróes se confessa totalmente influenciado, Veloso mistura músicas em inglês de sua própria autoria, como You Don’t Know Me, com clássicos da música brasileira, como Mora na Filosofia e Maria Moita.

Hoje (26) e sáb. (27), 22h. Casa de Francisca. R. Quintino Bocaiúva, 22, Sé. R$ 58.

Zeca Baleiro

Zeca Baleiro estreia seu novo espetáculo, José, show autobiográfico e intimista no qual ele compartilha histórias de vida e de carreira, canções e leituras, e responde a perguntas já selecionadas de fãs. 

Hoje (26), 21h. Teatro Bradesco. Bourbon Shopping. R. Palestra Itália, 500, Perdizes. R$ 60/R$ 250.

Leci Brandão

Leci Brandão, um dos nomes mais importantes do samba, faz show em que revisita seu repertório. São canções como a política Zé do Caroço, a romântica Eu Só Quero Te Namorar e o clássico Isso É Fundo de Quintal. Leci também faz incursão por universos de outros compositores, com músicas do Olodum, Djavan e Rappin Hood. 

Hoje (26) e sáb. (27), 19h. Sesc Bom Retiro. Al. Nothmann, 185, Bom Retiro.  R$ 20/R$ 40.

Claudia Leitte no trio

A cantora Claudinha Leitte faz sua primeira apresentação na cidade após a reabertura dos shows. Atração principal da Festa Blow Out, ela cantará em cima do trio em uma apresentação prevista para durar 3 horas. Sucessos como Bola de Sabão, Perigosinha e Beijar na Boca estarão no repertório. 

Sáb. (27), 13h. Estacionamento do Espaço das Américas. Av. Francisco Matarazzo, 664, Água Branca. R$ 120/R$ 370.  

Jorge Du Peixe canta Gonzagão

Jorge Du Peixe, vocalista da banda Nação Zumbi, estreia no palco seu disco solo, Baião Granfino, dedicado à obra de Luiz Gonzaga. No repertório, composições mais conhecidas do Rei do Baião, como Sabiá, Qui Nem Jiló e O Fole Roncou, e outras mais obscuras para o grande público, como Acácia Amarela, Cacimba Nova e Rei Bantu. Acompanhado de banda, ele vai além do álbum e traz músicas como Festa, de Gonzaguinha, e Maria, Minha Maria, de Siba.

Hoje (26) e sáb, (27), 21h., dom. (28), 18h. Sesc Vila Mariana. R$ 20/R$ 40. R. Pelotas, 141, Vila Mariana.

Hermeto Pascoal

Hermeto Pascoal, ou “o bruxo”, como ele é conhecido, faz apresentação acompanhado de banda, em que o improviso – como é de costume em seus shows – deve imperar no palco. Destaque nos Estados Unidos e na Europa, o multi-instrumentista e compositor é um dos maiores músicos brasileiros em atividade. 

Sáb. (27), 20h e 22h. Blue Note. Av. Paulista, 2.073, 2º andar. Metrô Consolação. R$ 180.

Leonardo & Luíz Carlos

O sertanejo Leonardo e a banda de pagode Raça Negra, que tem Luíz Carlos como vocalista, fazem shows na mesma noite – porém, em apresentações separadas – em que cantam seus grandes hits de carreira. O primeiro vai relembrar músicas como Talismã, Pense em Mim e O Cheiro da Maçã. Já o grupo terá no roteiro Cheia de Manias, Me Leva Junto com Você e Cigana. Em razão da procura por ingressos, a casa de shows abriu uma data extra.

Hoje (26) e sáb. (27), 22h30. Espaço das Américas. R. Tagipuru, 795, Barra Funda. R$ 70/R$ 480.

Encontros tropicais em Salvador reúne Carlinhos Brown, Alcione e outros grandes nomes 

Alcione, Carlinhos Brown, Criolo, Jéssica Ellen e Banda Didá se apresentam no show Encontros Tropicais: Frequências do Gueto, que faz parte das celebrações do Dia da Consciência Negra. Produzido pelo DJ baiano Rafa Dias, do grupo Àttøøxxá, o espetáculo, que será realizado na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador, trará músicas de nomes como Dona Ivone Lara, Leci Brandão, Cassiano, Tim Maia e Jorge Ben Jor. 

Hoje (26), 19h30. Gratuito. Transmissão aqui ou no canal por assinatura Bis.

Ao rei do pop

O cantor e dançarino brasileiro Rodrigo Teaser apresenta o Tributo ao Rei do Pop, uma homenagem ao astro Michael Jackson. Entre as canções que fazem parte do espetáculo, estão Billie Jean, Thriller, Beat it, Smooth Criminal, Human Nature e Black or White. Teaser, que também é compositor, mostrará ainda músicas autorais.

Dom. (28), 21h. Tom Brasil. R. Bragança Paulista, 1.281, Chácara Santo Antônio. R$ 89/R$ 179.

Música no Museu

Os alunos de Sopros da Academia de Música da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) obras dos compositores franceses Jacques Ibert e Darius Milhaud, além de um ciclo de variações sobre um tema de Anacleto de Medeiros, composto por Ronaldo Miranda, e a Suíte Nazareth, de Maurício Carrilho.

Sáb. (27), 16h30. Casa Museu Ema Klabin. R. Portugal, 43, Jardim Europa. Retirar ingresso 15 min. antes (30 lugares). Transmissão digital aqui. Grátis.

O fino do brega

Considerado o novo rei do brega-chique, o cantor Rodrigo José faz live de lançamento de seu novo CD e DVD Acústico, que traz músicas como Sonhei com Você, de Milionário e José Rico; Garçom, de Reginaldo Rossi, e Always On My Mind, de Elvis Presley. A canção Eu Te Amo, de sua autoria, estará na nova série da TV Globo, Eu, a Vó e a Boi, de Miguel Falabella, que estreia na segunda-feira. 2ª (29), 21h.

Grátis. Assista aqui.

 

TEATRO

Horizonte Submerso

Horizonte Submerso, espetáculo audiovisual e online que comemora os 25 anos da Confraria da Dança, leva à cena uma linguagem híbrida de dança, teatro e música. A peça é inspirada no universo do escritor americano Edgar Allan Poe, do artista plástico suíço Paul Klee e do desenhista, músico e cineasta inglês Dave McKean, que levam ao submundo onde se passa a trama, em cenas fragmentadas. Ao misturar linguagens e contextos tão distintos, o espetáculo propõe reflexões acerca de questões como o tempo, a finitude, o equilíbrio, a estabilidade e a gravidade para chegar a dilemas como aceitação, medo e morte. A direção artística é de Diane Ichimaru, que assina a criação com Esio Magalhães e Marcelo Rodrigues. 

De 29/11 a 14/12, segundas e terças, às 21h. youtube.com/ConfrariadaDanca

O Homem Que Matou Liberty Valance

A peça online O Homem Que Matou Liberty Valance, um western do inglês Jethro Compton, traz a história de um trágico amor que se passa no Velho Oeste americano. Com Sérgio Guizé, Bianca Bin e direção de Mário Bortolotto, que também atua no espetáculo ao lado de Heloisa Lucas, Eldo Mendes, Walter Figueiredo e Carcarah. 

Estreia 5ª (2). 5ª a dom., 21h. Gratuito (retirar ingresso antes em aqui)

Medea moderna

A Cia. do Sopro leva ao palco Medea, com texto do dramaturgo inglês Mike Bartlett. Nessa adaptação do clássico grego, o autor transporta a realidade da Grécia Antiga para ruas e becos de áreas centrais que existem atualmente ao redor do mundo. O público vê uma Medea em depressão, o marido Jasão, que a trocou por uma mulher mais jovem, e o filho do casal, que perdeu a fala. Tomada pela fúria, ela mata seu próprio filho, se vinga da nova esposa de Jasão e destrói tudo aquilo que é querido por ele. O caminho escolhido pelo autor e pelo diretor Zé Henrique de Paula suscita reflexões da condição da mulher nos dias atuais. No elenco, nomes como Fani Feldman, Daniel Infantini e Juliana Sanches.

Estreia hoje (26). Hoje e sáb. (27), 21h; dom. (28), 18h. Sesc Pompéia. R. Clélia, 93, Pompéia. R$ 20/R$ 40. 

Improviso no palco, para rir

Jogos de improviso e shows de stand-up estão na programação do Clube Barbixas de Comédia nos próximos dias. Amanhã (27), às 19h, Uma Vida em 30 Anos conta a história dos últimos anos no Brasil por meio da comédia. Em seguida, às 21h, o grupo apresenta Experimento – Jogos de Comédia.

Rua Augusta, 1.129, tel. (11) 2892-8584. Ingressos entre R$ 25 e R$ 40 pelo sympla.com.br

Preconceito em debate

O espetáculo solo A Doença do Outro, de Ronaldo Serruya, em formato de palestra-performance, propõe um diálogo sobre os corpos convivendo com HIV, sua estigmatização e as conquistas sociais. Com atuação do próprio autor, portador do vírus desde 2014, a peça fala da “sorofobia”, que dá ao HIV o caráter de doença social. A direção é de Fabiano Dadado de Freitas.

Estreia 3ª (30). 3ª a sáb., 20h. Espaço Cênico Ademar Guerra. Centro Cultural São Paulo. R. Vergueiro, 1.000. Metrô Vergueiro. R$ 30.

Histórias de luz e sombras para crianças

Quando o mundo começa a girar ao contrário, o Moço vai fazer de tudo para resolver os problemas da natureza. Esse é o mote de Histórias Pintadas, da Cia Articularte, espetáculo de luz e sombras que será apresentado ao vivo, online, na página do Facebook da companhia de tratro infantil.

De 28/11 a 8/12. Gratuito. facebook.com/cia.articularte

 

EXPOSIÇÕES

Três mostras

A Casa de Cultura do Parque inaugura novo ciclo expositivo com três mostras sob direção artística de Cláudio Cretti. A coletiva De Terra e Gás apresenta obras inéditas de diferentes períodos dos artistas Germana Monte-Mór, Paulo Monteiro e Solange Pessoa, que têm no desenho e na escultura a matriz de suas produções, estabelecendo um diálogo entre forma e cores. Já Pepinos, Sad & Brazilian, de Estela Sokol, usa o humor e a ironia para falar sobre os “pepinos” da vida, em trabalhos feitos de feltro em chassis de madeira. Por fim, Gargalo, de Luís Teixeira, traz um conjunto de dez obras, entre pinturas, esculturas e objetos, que dão a sensação de estreitamento. 

 

Inauguração: sáb. (27). 4ª a dom., 11h/18h. Casa de Cultura do Parque. Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 1.300, Alto de Pinheiros. Gratuito. Até 13/3/22.

Entre vazios

A exposição Entre o Material e o Espiritual mostra o pioneirismo do escultor Franz Weissmann (1911-2005), signatário do Manifesto Neoconcreto, de 1959. Serão expostas 37 pequenas maquetes coloridas, criadas por Weissmann entre os anos 1940 e 2003, que mostram a ativação dos espaços vazios, uma das propostas da obra do artista. A curadoria é do Instituto Franz Weissmann.

Inauguração: 3ª (30). 2ª a 6ª, 10h/19h; sáb., 10h/13h. Dan Galeria. R. Estados Unidos, 1638, Jardins. Grátis. Até 29/1/22.

Imagens com histórias

A exposição Luz Teimosa reúne 44 fotografias de 14 fotógrafos representados pela Galeria Utópica, como Annemarie Heinrich, German Lorca, Jean Manzon e Luiz Carlos Barreto. De Mazon há um retrato de Carmen Miranda da década de 1940. De Lorca, um registro do Aeroporto Santos Dumont, em 1965.

Inauguração: 3ª (30). 3ª a 6ª, 13h/18h; sáb. 11h/13h. Estúdio 41. R. Pedroso Alvarenga, 1.254, cj. 41, Itaim Bibi. Gratuito (agendar horário em 99452-3308)

Em torno do sol

Na mostra individual Jogo da Aurora, a artista mineira Mariana Serri exibe cerca de 40 pinturas resultantes de sua pesquisa sobre a origem de seu desejo em representar formas e cores. Com a proposta de um equilíbrio entre formas verticais e horizontais, ela tem o movimento solar e os pontos cardeais como inspirações de suas obras.

Inauguração sáb. (27). 2ª a 6ª, 11h/18h; sáb., 11h/16h. Galeria Marília Razuk. Sala 1. R. Jerônimo da Veiga, 131, Itaim Bibi. Grátis. Até 31/1/22.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.