Filme de Fernando Meirelles abre hoje festival de Cannes

O Festival Internacional de Cannes, o mais importante evento de cinema do mundo, que começa hoje e vai até o dia 25, estende o tapete vermelho para o... Brasil. O filme Blindness, do diretor brasileiro Fernando Meirelles, abre a programação no primeiro dia da 61ª edição do festival. Meirelles deve pisar hoje no tapete vermelho com seu elenco internacional - Julianne Moore, Mark Ruffalo, Danny Glover, Alice Braga. Há grande expectativa por Blindness, inspirado no livro ''Ensaio sobre a Cegueira'', de José Saramago.A seleção que o diretor artístico Thiérry Frémaux preparou para este ano reúne grandes nomes do cinema mundial, além de representantes do cinema de autor. Clint Eastwood, Jia Zhang-Ke, Lucrecia Martel, Paolo Sorrentino, Arnaud Desplechin, Philippe Garrell, os irmãos Dardenne, James Gray, Walter Salles e Pablo Trapero, além do próprio Meirelles, estão na disputa pela cobiçada Palma de Ouro.É um ano glorioso para o cinema latino-americano - dois filmes da Argentina (La Mujer Sin Cabeza e Leonera), três diretores do Brasil (Meirelles e Walter Salles e Daniela Thomas, que co-dirigem Linha de Passe). Mais do que em qualquer ano recente, o Brasil chega a Cannes com força total. Além de Linha de Passe, que compete pela bandeira do Brasil, a seleção oficial exibe também A Festa da Menina Morta, de Matheus Nachtergaele, na mostra Um Certo Olhar e mais algumas atrações que não deverão passar em branco. O documentário O Mistério do Samba, de Carolina Jabor e Lula Buarque de Hollanda, foi selecionado para a mostra Cinéma à la Plage, que apresenta filmes à noite, ao ar livre, na praia colada ao calçadão conhecido como ''Croisette'', e os curtas Areia, de Caetano Gotardo, e A Espera, de Fernanda Teixeira, integram a programação de outra mostra, a da Semana da Crítica. Um terceiro curta, Muro, de Tião, Leonardo Lacca e Raul Luna, foi selecionado para a Quinzena dos Realizadores e mais um - o quarto - O Som e o Resto, de André Lavaquial, da Escola de Cinema Darcy Ribeiro, do Rio, compete na mostra da Cinéfondation.Além dos elencos nacionais de Linha de Passe e da Menina Morta, Alice Braga participará da ''montée des marches'' (a subida da escadaria do Palais) por Blindness, e Rodrigo Santoro estará junto às equipes dos dois filmes dos quais participa - Che e Leonera. O júri que vai atribuir a Palma de Ouro do 61º festival será presidido pelo ator e diretor norte-americano Sean Penn. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.