Filho de Tolkien é denunciado por abuso sexual

O filho mais velho de J.R.R. Tolkien, autor de O Senhor dos Anéis, foi interrogado pela polícia após denúncias de que teria abusado sexualmente de garotos enquanto trabalhava como padre. Antes de sua aposentadoria, o reverendo John Tolkien, de 84 anos, serviu como padre em igrejas de Oxford e Birmingham, entre outras. "Podemos confirmar que recebemos um arquivo no início de dezembro com um histórico de abusos sexuais", disse um oficial da polícia. As investigações começaram em março, quando duas vítimas fizeram declarações públicas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.