Filho de Charlie Chaplin morre aos 82 anos

Sydney Chaplin, o filho mais velho ainda vivo do legendário ator Charlie Chaplin e vencedor de um prêmio Tony por seu trabalho como ator, morreu aos 82 anos, informou o jornal Los Angeles Times nesta sexta-feira. Sydney, que estrelou "Funny Girl" ao lado de Barbra Streisand na Broadway, morreu na terça-feira em sua casa em Rancho Mirage, na Califórnia, devido a complicações de um derrame, segundo o jornal. Segundo filho de Charles Chaplin e sua segunda esposa, Lita Grey, Sydney Chaplin nasceu em Beverly Hills em 1926 e afirmou em entrevistas não ter conhecido muito seu pai quando criança. Depois de servir na 2a Guerra Mundial, Sydney começou a atuar, co-fundando o Circle Theater em Los Angeles e participando de inúmeras peças e filmes. Ele conquistou um prêmio Tony pelo musical "Bells are Ringing", nos anos 1950, e participou do último filme dirigido por seu pai, "A Countess from Hong Kong", de 1967. O britânico Charlie Chaplin foi um das primeiras e maiores estrelas de Hollywood e um cineasta pioneiro, talvez mais lembrado pelo seu personagem "Carlitos". (Reportagem de Dan Whitcomb)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.