Filha do senador Ted Kennedy morre de câncer aos 51 anos

Kara Kennedy Allen, a única filha do ex-senador norte-americano Edward Kennedy, faleceu aos 51 anos de idade, de acordo com um amigo da família Kennedy.

REUTERS

17 de setembro de 2011 | 15h38

Ela, que vinha lutando contra um câncer desde 2003, morreu na sexta-feira à noite, no clube de esportes de Washington, disseram neste sábado.

Sean Richardson, um amigo da família, afirmou que um comunicado será divulgado em breve.

Kara Kennedy era a primogênita do senador democrata. Também era mãe de um casal de adolescentes.

Ela graduou-se na Universidade de Tufts, em Massachusetts. Fez parte do grupo de conselheiros da Organização Nacional da Síndrome Fetal do Álcool e também foi diretota emérita da Biblioteca Presidencial John F. Kennedy.

Ela recebeu a Medalha Presidencial da Liberdade no lugar de seu pai, pouco antes de ele falecer de câncer no cérebro, em 2009.

Além dos filhos, Kara Kennedy deixa a mãe, Joan Kennedy, e seus irmãos, Edward Kennedy Jr. e Patrick Kennedy.

(Reportagem de Toni Clarke)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEKENNEDYFALECIMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.