Filha de Bruce Willis e Demi Moore vai prestar serviço comunitário

Um juiz de Nova York concordou nesta terça-feira em arquivar as acusações de embriaguez em público e uso de identidade falsa apresentadas contra Scout Willis, filha dos atores Demi Moore e Bruce Willis, desde que ela cumpra dois dias de serviço comunitário.

Reuters

31 de julho de 2012 | 15h42

Scout, de 21 anos e aluna da Universidade Brown, não compareceu ao Tribunal Criminal de Manhattan com sua advogada, Stacey Richman, que firmou o acordo em nome dela.

Ela foi detida no início de junho, depois de ser pega bebendo uma lata de cerveja em uma estação do metrô perto da Union Square, em Nova York.

Na época, ela estava com 20 anos e deu à polícia um falso documento de identidade do Estado de Nova York com o nome de Katherine Kelly, segundo a corte.

Scout foi indiciada pelos delitos de adoção de identidade falsa e consumo de álcool em lugar público.

(Reportagem de Lily Kuo)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEMOOREWILLIS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.