FHC entrega a última Ordem do Mérito

O presidente Fernando Henrique Cardoso entrega no dia 17 de dezembro, no Palácio do Planalto, a derradeira comenda de seu governo, a Ordem do Mérito Cultural, para 26 personalidades e cinco instituições. É o 8.º ano consecutivo que o governo outorga a honraria. O carnaval paulistano recebeu tríplice homenagem. Entre os vencedores, figura o nome de Alberto Alves da Silva, o seu Nenê, presidente de honra da escola de samba Nenê de Vila Matilde. Além dele, duas instituições do samba paulistano são distinguidas: a escola Camisa Verde e Branco (da Barra Funda, São Paulo) e a Vai-Vai (da Bela Vista, São Paulo).Artistas e dirigentes de todo o espectro cultural foram contemplados e irão a Brasília para a "saideira" do governo FHC. Entre eles, a bailarina Ana Botafogo; o ator Lima Duarte; o arquiteto João Filgueiras Lima, o Lelé; o sanfoneiro Dominguinhos; o artesão Mestre Juca; e o arquiteto Júlio Neves, diretor do Museu de Arte de São Paulo (Masp); a atriz Maria Della Costa; a cozinheira Maria Lúcia Clementino Nunes, a Dona Lucinha; a cantora e compositora Marlui Miranda; a arqueóloga Niéde Guidon; o cardeal d. Paulo Evaristo Arns; o cantor e compositor Roberto Carlos; e o antropólogo e escritor Roberto DaMatta, cronista do Estado. Entre as instituições que receberão a honraria, figuram ainda a Editora da Universidade de São Paulo (Edusp); o Centro Cultural Pró-Música (de Juiz de Fora, Minas Gerais); e a Sociedade Bíblica Brasileira (de Barueri, São Paulo).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.