Fez é eleita capital mediterrânea da filosofia em 2008

Antiga cidade marroquina é definida por especialistas como um 'espaço de diálogo entre civilizações e culturas'

Efe,

25 de março de 2008 | 18h25

A antiga cidade imperial marroquina de Fez, que comemorará em abril 1.200 anos de sua fundação, foi eleita a capital mediterrânea da filosofia em 2008. Especialistas, reunidos na cidade para o VII Encontro Internacional Primavera da Filosofia, aprovaram uma declaração na qual nomeiam a região capital mediterrânea da filosofia durante este ano, por ser Fez um "espaço de diálogo entre civilizações e culturas". A declaração foi aprovada por um grupo de pesquisadores procedentes de Alemanha, Bulgária, Egito, Espanha, França, Itália, Jordânia, Marrocos, Tunísia e Síria. Outra das razões para Fez ter sido escolhida é o fato de que nela se encontra uma das universidades mais antigas do mundo, a de Al-Karaouine. Durante este ano, serão realizadas na cidade conferências sobre diversos aspectos da filosofia e encontros culturais. Os participantes do VII Encontro Internacional lembraram que "a filosofia teve, durante séculos, um lugar fundamental no imaginário mediterrâneo".

Tudo o que sabemos sobre:
Marrocosfilosofia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.