, O Estado de S.Paulo

23 de maio de 2011 | 00h00

Alguém tem de dizer ao pessoal do trânsito que a chegada de 20 mil pessoas pela Francisco Morato e afluentes tem de ser organizada. Caos total na área.

"Coxela Festival"

O apelido pode parecer cruel, mas bem que poderiam incluir no cast do festival um ou outro "bandido" do pop, porque a escalação é de fato isca do bom-mocismo.

Comida

Cachorro-quente e sanduíche natural de boa qualidade, além do crepe de queijo. E salada de frutas e sorvete italiano Diletto para os mais abonados.

Gente Superdiferenciada

A gigantesca área VIP (Premium) engolia o espaço dos fãs mais extremados, e os privava da proximidade com o ídolo. Muita gente desistia logo e passava a ver dos telões, de grande qualidade.

Poder público zero

Qualquer cidade apoia seus festivais. No Natura Nós, não havia linhas específicas de ônibus para o festival, nem um serviço coordenado de táxis. Uma lástima que se repete.

Qualidade de som

Muito boa no palco principal, mas deixou a desejar no segundo palco. Gadú sofreu ali.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.