Festival PhotoEspaña começa amanhã em Madri

"É fácil reconhecer que uma das qualidades mais indiscutíveis da fotografia é sua capacidade de induzir e conferir interesse aos assuntos mais inesperados", define o moçambicano Sérgio Mah, diretor artístico do PhotoEspaña, o festival internacional do gênero fotográfico que vem cada vez mais se tornando uma referência no cenário europeu, ao lado dos franceses de Arles e de Perpignan. Conhecido apenas pelas iniciais PHE, o evento, em sua 13.ª edição, dá o início oficial de suas atividades amanhã e se estende até 25 de julho, promovendo 69 mostras, debates, oficinas e leituras de portfólios nas cidades espanholas de Madri e Cuenca e, pelo terceiro ano, também incluindo Lisboa (Portugal), que abriga no Museu Coleção Berardo exposição da nova-iorquina Collier Schorr.

AE, Agência Estado

07 de junho de 2010 | 10h37

"O diferencial em seu modelo foi a história de que é um festival em Madri e, por isso, espalhado em infinitas programações, diferentemente de outros em cidades pequenas, onde todos os participantes, de uma forma ou de outra, se esbarram pelas ruas ou nas programações", diz o fotógrafo brasileiro Pio Figueiroa, do coletivo paulistano Cia de Foto, selecionados para o PHE 10.

Brasileiros - Como parte do PhotoEspaña 10, será inaugurada na quinta-feira, no Instituto Cervantes de Madri, a mostra Descubrimientos São Paulo e Guatemala. Encubrimientos, que, de brasileiros, conta com obras do coletivo paulistano Cia de Foto - formado por Pio Figueroa, Rafael Jacinto e João Kehl - e de João Castilho, de Belo Horizonte. Eles foram convidados a partir do programa de leituras de portfólios promovido pelo festival, projeto que tem como foco descobrir as tendências da fotografia contemporânea da América Latina.

No ano passado, Claude Bussac, diretora-geral do PhotoEspaña, esteve em São Paulo participando do processo de seleção dos fotógrafos brasileiros ao lado de curadores e outros profissionais do gênero. A exposição no Instituto Cervantes, com curadoria de Alejandro Castellote e Juan Antonio Molina, será agora formada por 10 participantes no total. Mais informações no site www.phedigital.es. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
fotografiamostraMadriLisboa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.