Acervo Estadão
Acervo Estadão

Festival lembra 40 anos sem o palhaço Piolin

Evento internacional do Sesc começa hoje e resgata o trabalho de um dos mais importantes artistas circenses

Murilo Bomfim, O Estado de S.Paulo

02 de maio de 2013 | 02h09

A partir de hoje, São Paulo fica mais feliz por pelo menos dez dias. O Circos - 1º Festival Internacional Sesc de Circo espalha 26 espetáculos em sete unidades do Sesc, contemplando todas as regiões da cidade.

"A linha curatorial que usamos é a da dramaturgia para circo", explica uma das curadoras do festival, Carolina Garcez. Segundo ela, espetáculos com dramaturgia própria usam a arte circense para contar uma história, justificando a sequência de números encenados.

A escolha de lançar o festival em 2013 é especial por três efemérides. São 40 anos sem Piolin, palhaço mineiro radicado em São Paulo que criou o célebre Circo Piolin no Largo do Paissandu; comemora-se o centenário do curitibano Circo Nerino, que, fundado em 1913, viajou o país por 51 anos; e o 90º aniversário de seu palhaço Picolino, interpretado por Roger Avanzi, filho do fundador.

Para o festival, foram convidadas 24 trupes, sendo seis delas estrangeiras e inéditas em São Paulo. É o caso das canadenses L'Arsenal e Les Parfaits Inconnus e da francesa Barolosolo. "O Canadá e a França são bastante representativos na dramaturgia circense. A presença desses grupos é interessante para fomentar a discussão do circo", diz Carolina. Além desses, a programação inclui um grupo espanhol, um australiano e um solo com o ítalo-dinamarquês Paolo Nani.

Entre os nacionais, companhias de SP, RJ e DF. A paulista Acrobático Fratelli coloca quatro atletas de nado sincronizado na piscina do Sesc Santana para encenar Vitória Régia, espetáculo que conta uma lenda indígena brasileira.

Ponto alto da programação é a releitura do Circo Piolin, com números de repertório original. Na ocasião, Xuxu, seu último parceiro de cena, faz esquetes de humor. O ator Pascoal da Conceição também participa interpretando Mário de Andrade, amigo de Piolin que se inspirou no artista para as ações do Movimento Modernista.

1º FESTIVAL INTERNACIONAL SESC DE CIRCODe 2 a 12/5. Abertura hoje, 20h30, no Sesc Belenzinho.

Programação: sescsp.org.br

Tudo o que sabemos sobre:
Palhaço Piolincirco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.