Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Festival de jazz traz mais de 30 grupos e solistas

Afrikhanita (Angola), Richard Bona (Camarões), Christian Galvez (Chile), Edsel Gomez (Porto Rico) e Álvaro Montenegro (Bolívia) estão na escalação deste ano

O Estado de S.Paulo

23 de julho de 2013 | 02h15

O projeto Jazz na Fábrica chega à sua terceira edição com mais de 30 grupos e solistas confirmados. Será realizado entre 1º de agosto e 1º de setembro no Sesc. Segundo os curadores, a proposta de programação da edição de 2013 é ilustrar um caminho entre o jazz produzido na África e na América Latina, daí a presença de nomes como Afrikhanita (Angola), Richard Bona (Camarões), Christian Galvez (Chile), Edsel Gomez (Porto Rico) e Álvaro Montenegro (Bolívia) na escalação deste ano.

Entre as estrelas norte-americanas, destaca-se o pianista McCoy Tyner, de 75 anos (ex-pianista de John Coltrane), que já veio sete vezes ao Brasil, a mais recente em maio do ano passado, quando excursionou pelo País com um quarteto. Virão também as cantoras Cassandra Wilson (que veio pela última vez em 2009, e cantou no Bourbon Street Music Club) e a soul singer Macy Gray (que volta acompanhada de uma big band liderada pelo saxofonista David Murray), além do organista Dr. Lonnie Smith (esteve aqui em 2008, no Citibank Hall), todos americanos, e o trompetista, pianista e compositor franco-libanês Ibrahim Maalouf.

O trio Sun Rooms, de Jason Adasiewcz, entra numa programação de vertente mais experimental, que terá Rabotinik, Ivo Perelman e Duo Nazário (brasileiros) e Roscoe Mitchel (Estados Unidos), Et Hop (França) e No Square (Suíça). / J.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.