Festival de Dança mobiliza Joinville

A festa da dança em Joinville está prestes a começar. O prefeito da cidade Luiz Henrique da Silveira (PMDB) abre a 18ª edição do evento, no Centreventos Cau Hansen. Mas o Festival de Dança de Joinville parece mobilizar toda a cidade. Afinal, é um evento que ocorre aqui há 18 anos. O prefeito vai entregar um obra de arte do artista catarinense Guido Heuer para o coreógrafo checo Jíri Kylián, homenageado do festival. Em seguida, Kylián vai deixar a marca dos seus pés na "calçada da fama" que fica no próprio Centreventos. Antes da apresentação oficial do Gulbenkian Ballet - a companhia portuguesa convidada para abrir o festival - haverá um espetáculo que não estava programado, de Jeff Keller, que por mais de dez anos foi protagonista de um dos grandes sucessos da Broadway: "O Fantasma da Ópera". Durante 30 minutos, vestido de palhaço, ele vai fazer uma homenagem ao artista plástico local Juarez Machado, que usa o circo como tema. Até os shoppings centers da cidade se preparam para os 11 dias do festival. As vitrines são decoradas com réplicas de bailarinas ou sapatilhas, e o Shopping Cidade das Flores, no centro da cidade, monta todo ano uma espécie de teatro com poltronas e palco, onde se apresentam diariamente grupos de dança das 15 as 17 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.