Fernanda Montenegro em Portugal

O Festival dos Oceanos 2000 que se inicia hoje no Parque das Nações de Lisboa, em Portugal, mostrará aos espectadores desde o Brasil, com um relato da atriz Fernanda Montenegro, até o Japão, com o tambor gigante de Eitetsu Hayashi. A direção artística está a cargo do espanhol Angel Domínguez, com ampla experiência em festivais de música internacional na Galícia, Santander e Peralada. Via satélite, do Brasil, a atriz Fernanda Montenegro declama a Peregrinação, de Fernão Mendes Pinto. O relato continua a cargo do ator Diego Infante, em uma viagem através das estepes da Ásia até chegar ao Japão. Então, se inicia uma espécie de dança entre os 18 tambores japoneses tradicionais, cujos pesos oscilam entre 10 e 235 quilos. A Orquestra Filarmônica de Moscou, sob a direção do maestro Dimitri Yablonski interpretará peças de compositores como Puccini, Stravinski e Rimski-Korsakov, ao mesmo tempo em que se produz um espetáculo de fogos artificiais que dura cerca de uma hora. No festival, será lançado o livro Lisboa, Pepe Carvalho na cidade dos Espiões e dos Heróis, do escritor catalão Manuel Vázquez Montalbán, e Lisboa, Encruzilhada de Poetas e Escritores de Elías Torres Feijó, catedrático da Universidad de Santiago de Compostela. Haverá, ainda, uma semana de atividades náuticas, uma feira gastronômica e a estréia do filme A Nova Lisboa, 345 Anos Depois do Terremoto, uma visáo de futuro da capital de Portugal no ano de 2100. O evento termina no dia 26, com o espetáculo de inspiração barroca Boda Recordare, que conta a história do casamento entre um rei indiano e uma garota portuguesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.