Fernanda Lima relembra tempos de modelo

Depois do emocionante desfile da marca infantil PUC, com a criançada fazendo a festa no 3º dia do evento Prêt-à-Porter Brasil, foi a vez da apresentadoraFernanda Lima relembrar os tempos de modelo, na passarela da Zion. ?No começo da carreira, fiz mais trabalhos fotográficos, por isso é um desafio ficar nomeio dessa mulherada que sabe tudo de passarela?, afirmou Fernanda, ainda no camarim. De apliques nos cabelos especialmente para a ocasião, ela disse estar muito feliz e tranqüila em substituir a futura mamãe Angélica, no comando do Vídeo Game, da Globo. ?É um programa que chegou pronto. A equipe é maravilhosa e tudo funciona perfeitamente. Mas quando liga a câmera sempre dá um frio na barriga. A Angélica é muito carismática e eu não podia deixar cair um programa que deu certo. Nós somos diferentes. Ao aceitar o convite da Globo, decidi que teria de fazer tão bem quanto ela?, desabafou Fernanda. ?Por enquanto, vivo este momento. Adorei fazer cinema. É uma arte que me fascina. Já recebi alguns convites, mas estou concentrada no programa. Não tenho projetos, nem planos para depois?, contou a bela, que assinou contrato de seis meses com a emissora. Outras beldades marcaram presença no evento, entre elas os atores mirins Carolina Molinari e João Vitor, que interpretam Narizinho e Pedrinho no Sítio do Pica-Pau Amarelo, e Carolina Oliveira, da microssérie Hoje É Dia de Maria, no desfile da PUC. Ainda o ator Tiago Lacerda - que substituiu o colega Marcelo Anthony, impedido de desfilar por causa das gravações de Senhora do Destino - e a modelo Ellen Jabour, namorada de Rodrigo Santoro. Idealizado pelos jovens empresários Omar Sahyoun e André Skaf, o Prêt-à-Porter Brasil termina hoje noHotel Unique, com investimento de R$ 2 milhões, 10 desfiles e a estimativa de público em torno de 10 mil pessoas.

Agencia Estado,

03 de março de 2005 | 01h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.