Feira de Leipzig contará com nove brasileiros

Nove escritores brasileiros foram convocados para apresentar, durante o Feira do Livro de Leipzig, na Alemanha, entre os dias 14 e 17 de março, a literatura produzida no País. É uma prévia do que acontecerá em Frankfurt em outubro, quando o Brasil será o convidado de honra da mais importante feira do mercado editorial, e o início da programação cultural brasileira que se espalhará pela Alemanha neste ano.

AE, Agência Estado

21 Fevereiro 2013 | 10h22

Na comitiva, estarão João Almino, Carola Saavedra, Age de Carvalho, Luis S. Krausz, Rafael Cardoso, Tatiana Salem Levy, Ronaldo Wrobel, Ronaldo Correia de Brito e Ricardo Domeneck. Eles participam de debates, leituras e palestras no estande da Feira do Livro de Frankfurt. A escolha desses nomes ficou a cargo da Fundação Biblioteca Nacional, que está organizando a programação, mas seguiu alguns critérios da feira. Era imprescindível, por exemplo, que os autores tivessem obras publicadas em alemão. A diversidade de gêneros, o equilíbrio regional e a indicação da Associação de Promoção da Literatura da África, Ásia e América Latina (LitPRom) também foram levados em consideração.

Um dos momentos mais aguardados é o anúncio, no dia 14, da - certamente polêmica - lista dos 70 escritores que vão participar da Feira de Frankfurt, o ponto alto do ano. "As pessoas confundem essa lista com a dos melhores escritores brasileiros. Não é. Ela deve mostrar o mosaico da literatura brasileira", explica Galeno Amorim, presidente da Fundação Biblioteca Nacional. Para essa programação anual, o governo brasileiro está investindo R$ 20 milhões.

Mais conteúdo sobre:
literatura Feira do Livro de Leipzig

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.