Feira de Frankfurt mantém calendário

Apesar dos atentados terroristas nos Estados Unidos na terça-feira, a Feira do Livro de Frankfurt será realizada como estava previsto, entre os dias 10 e 15 de outubro. Segundo disse hoje o diretor da feira, Lorenzo Rudolf, a possibilidade de cancelamento da feira considerada inicialmente foi descartada, já que a Feira do Livro é um grande foro intelectual e não deve ceder diante de atentados covardes.Sem dúvida, e após um acordo com a polícia e a administração municipal de Frankfurt, a Feira do Livro acontecerá sob fortes esquemas se segurança. Participarão da feira 7 mil expositores de 150 países e são esperados 300 mil visitantes.Segundo Rudolf, os ataques aos Estados Unidos vão contra os valores que prega a Feira do Livro que são liberdade, tolerância e diálogo entre os povos. A Feira do Livro de Frankfurt será inaugurada oficialmente no dia 9 de outubro, pelo chanceler Gerhard Schroeder, e pelo presidente grego Constantinos Stephanopoulos, e no dia seguinte será aberta ao público.A Grécia é o país convidado e participará com 71 expositores e 60 escritores, como informou Rudolf. Esta será a última Feira do Livro com um país convidado. Para 2002 está previsto um lugar especial para a Lituania e concentrar alguns temas e atividades em torno deste país báltico. Em 2003 o mesmo será feito com a Rússia.

Agencia Estado,

13 de setembro de 2001 | 19h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.