Fause Haten terá loja fechada, sem vitrine e com hora marcada

O estilista Fause Haten, cuja grifeque leva seu nome não lhe pertence mais, irá vender a coleçãode sua nova marca, a FH, em uma loja-ateliê superexclusiva nobairro de Pinheiros, em São Paulo. O estilista fez a estréia da nova grife na quarta-feira, noSão Paulo Fashion Week, e contou como será essa nova fase desua vida. "O espaço vai ser inteirinho preto porque eu quero que aroupa apareça sendo feita, as pessoas vão ver a roupa sendocortada na mesa de corte, na máquina de costura", disse FauseHaten, que não revela o endereço da nova loja. No momento, o espaço está aberto apenas para clientes deatacado e multimarcas. A partir de agosto, segundo ele, a lojairá receber, apenas com hora marcada, suas clientes jáconhecidas e pessoas indicadas. "Será uma loja fechada, sem vitrine, sem porta aberta...Nãoquero que seja aberta ao público. Eu quero estar lá, falar coma cliente", explicou. Fause Haten vendeu sua marca Fause Haten feminino emasculino para a gestora de marcas Identidade Moda (I'M) hácerca de seis meses, mas se desligou da empresa após problemasfinanceiros para rodar sua nova coleção de verão. As criações de inverno também não foram entregues aoscompradores. Segundo o estilista, a coleção exibida em janeirogerou 8 mil peças de vendas que não foram produzidas. "Nomáximo se produziram umas 500 peças", disse. Muito estardalhaço foi feito com a compra na última ediçãodo SPFW, mas nesta temporada virou assunto proibido. FauseHaten falou um pouco sobre o imbróglio com jornalistas e logofoi "resgatado" por assessores no camarim. Com a confusão, a famosa loja da rua Oscar Freire não lhepertence mais. A I'M não foi encontrada para dizer o que serádo futuro da marca Fause Haten, já que não há novas coleções. Enquanto seus advogados tentam resolver a bagunça, FauseHaten só quer falar da nova fase. "Pretendo que a marca FH sejamuito especial, muito luxuosa, muito, muito... muitoartesanal", disse. Fause Haten continua a ser dono das linhas Fause Haten deóculos, jóias, esportivo, infantil e de casa. A nova FH só irátrabalhar com feminino e o tratamento exclusivo incluirá capaespecial na entrega da roupa e um cabide com a forma do corpo. A nova coleção, repleta de vestidos clássicos de seda pura,foi feita no tempo recorde de um mês e meio -- o normal sãoseis meses. A crítica especializada foi mista, com muitoselogiando a volta por cima do estilista. "O nome pode ser novo, mas o estilista é o Fause de sempre,com seu gosto pelo drama e pela moda noite", escreveu aconsultora Gloria Kalil em seu site, que elogiou a calça delantejoulas pretas. "Fause tem uma longa trajetória de moda e de criação pelafrente, e pelos aplausos calorosos que recebeu no final do seudesfile viu que também tem um público que o apóia e estimula.Fause Haten acabou? Viva FH!", escreveu Gloria Kalil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.