Fátima Bernardes volta este mês em novo jornalístico

Fátima Bernardes volta ao ar no dia 25 de junho, às 10h30 da manhã, pronta para colocar o jornalismo à disposição do entretenimento e vice-versa. Encontro com Fátima Bernardes, programa que traz de volta à tela a ex-apresentadora do Jornal Nacional, anuncia que seu DNA é contar boas histórias e abrir espaço ao jornalismo nas proporções que os fatos justifiquem.

CRISTINA PADIGLIONE, Agência Estado

12 de junho de 2012 | 20h44

Parece receita simples? Sim, esta é a ideia, mas a estrutura tecnológica a serviço da fórmula nada tem de genuína. Ao anunciar o seu novo programa à imprensa, nesta terça-feira, no Projac, Fátima se entusiasmou. Enumerou os efeitos que o 3D Mapping é capaz de operar no cenário, trocando seu fundo em questão de segundos. "Já foram criados mais de 100 criações gráficas", contou Fátima, que registrou algumas dessas ilustrações em seu iPhone.

Confinada à cadeira do JN por 13 anos, a jornalista passa a circular à vontade num cenário que será visto pelo telespectador com 360 graus de ângulo. Uma plateia de 60 lugares será ocupada por gente, anônima ou não, que tenha condições e alguma afinidade com os assuntos tratados pela apresentadora e seu staff a cada dia.

Na entrada do estúdio, uma cabine toda espelhada pede aos convidados que responda à pergunta do dia, e as melhores respostas serão imediatamente editadas para o programa que está no ar.

O diretor-geral do programa, Fabrício Mamberti conta que os repórteres da atração - Lília Teles, Gabriela Lian e Aline Prado - falarão para câmeras de 35 milímetros, que desfocam o fundo da imagem e muito se assemelham à textura de cinema, uma novidade no jornalismo.

Aos 49 anos, Fátima endossa a vontade de conversar. "Eu gosto de conversar, gosto de ouvir", diz. "Quero trazer a rua para o estúdio, aproveitar o que as pessoas me falam no supermercado, na escola, onde eu vou." Embora o programa conte com um jornalista (Lair Rennó) pronto para atualizar a apresentadora e a audiência sobre o que está acontecendo nas redes sociais, Fátima admite que não foi mordida pelo bicho do Twitter, como aconteceu com o marido, William Bonner. Sabe que o fato de se envolver numa roda de debate aumentará os riscos de exposição, mas tudo bem. "Eu vou dar minha opinião, claro, isso às vezes vai acontecer, mas acredito mais numa conversa que traga elementos, repertório, informação."

O programa contará ainda com um quadro de pesquisa musical pilotado pelo titã Branco Mello. A direção de núcleo é de Maurício Farias, profissional que soube consagrar, com elegância, a audiência de dois programas na faixa nobre - a Grande Família e Tapas e Beijos - agora convocado a cuidar justamente do novo programa matutino, faixa em que a Globo tem perdido audiência com frequência para a Record.

O público também verá dona Fátima de saias e vestidos, item que ela conta ter usado muito naquela bancada de JN, sem que ninguém nunca visse. Com cinco quilos a menos no prazo de um ano, fruto de um tratamento em que controlou glúten e lactose, a jornalista agradece quando ouve que está muito bem fisicamente, e vai logo dizendo: "e nunca fiz plástica, só botei botox uma vez e aqui", diz, apontando um ponto entre as duas sobrancelhas.

Satisfeita com seu novo horário de expediente, diz que agora janta com os filhos, os trigêmeos Laura, Vinícius e Beatriz, e se confessa fã ardorosa da novela Avenida Brasil. "Não sei qual foi a última vez que tinha visto uma novela, estou adorando!"

Tudo o que sabemos sobre:
televisãoFátima Bernardesretorno

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.