Fashion Rio fecha maratona com grifes novas

O último dia do Fashion Rio no Museu deArte Moderna (MAM) foi dedicado a novas grifes. Um malabarista abriu o desfile da estilista Lena Santana, que trouxe para apassarela apenas modelos negras. A coleção, toda em seda pura, veio com vestidos de vários comprimentos, cortes e decotes. A veterana modelo negra Veluma, de 50 anos, encerrou a apresentação. A grife de Maria Fernanda Lucena ousou nas cores ecortes para a coleção primavera-verão. A estilista apostou em aventais longos combinados com calças. Peças em linho lilás elaranja com estampas de bolas grandes também fizeram parte da coleção.Em seguida, foi a vez de Zigfreda, de Kátia Wille e Hans Blankenburgh, mostrar seu trabalho com moda inspirada nos anos 50 e60. Estampas florais, mangas bufantes e laços amarrados na cintura marcaram a entrada da dupla.A Miquelina, de Patrizia D?angello, apresentou uma coleção de moda-praia variada. Biquínis de lycra e crochê para todos os tamanhos levavam flores bordadas em cores vibrantes como azul turquesa e rosa.Também desfilaram hoje entre as novatas as grifes Wendell Braulio e O EstUdio.Adriane Galisteu encerrou o desfile da grife Carmelitas, a sétima a se apresentar. Com vestidos em tons verde e rosa e váriascamadas de babado, Adriane arrancou aplausos. À Colecionadora, de Luiza Marcier, veio com uma moda clássica que foiaplaudida de pé. Vestidos longos ou na altura do joelho traziam cores claras como azul e branco. Algumas peças eramplissadas, tinham babados e laços pregados na cintura. As modelos pisavam em tinta, deixando pegadas na passarela.As estilistas Carla Gaspar e Karen Tognato valorizaram as cores, as diferentes formas e estilos. Vestidos com brilhos podem,por exemplo, ser usados com sandálias altas ou mesmo com tênis. Também desfilariam hoje modelos das grifes FrankieAmaury e Rygy, com apresentação da banda Afro-Reggae. Uma festa para convidados estava prevista para oencerramento da quinta edição do Fashion Rio, que começou no sábado.De acordo com a organização, o público estimado nos seis dias do evento foi de 70 mil pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.