Fashion Rio: busca de inspiração nas lendas e mulheres misteriosas

Flávia Guerra, enviada ao Rio ,

11 de janeiro de 2011 | 22h45

 

 

Enquanto a Melk Z-Da buscou inspiração na lenda da Alamoa, a mulher que anda seminua pela ilha de Fernando de Noronha em noites de lua cheia, a Patachu se inspirou também se nas mulheres misteriosas dos filmes de suspense para trazer uma coleção cheia de 'mostra e esconde'. Muito preto, cinza e dourado, transparências e volumes, que revelam e escondem as formas femininas em um jogo misterioso. A trilha sonora do desfile ficou por conta do maestro João Carlos Martins, que tocou ao piano em plena passarela. "Meu trabalho é lidar com a emoção. E hoje comprovei que um desfile também. Emoção não faltou aqui", declarou o maestro.

 

 

 

 

Veja também:

blog Cabelo, cabeleira!

Tudo o que sabemos sobre:
Fashion RioRiomodaMelk Z-DaPatachu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.