Fãs do Led Zeppelin são advertidos sobre show de retorno

Produtor de show do Reino Unido diz que anúncio de venda de ingressos pode ser falso

03 de setembro de 2007 | 14h07

Um dos mais famosos produtores de shows britânico, Harvey Goldsmith, advertiu os fãs da banda Led Zeppelin para que não comprem ingressos para os anunciados shows de retorno do grupo em Londres, mas não deu outras datas como alternativa. Crescem os rumores sobre novos espetáculos do grupo que terminou em 1980. Goldsmith não negou a existência de uma futura apresentação do Led Zeppelin, segundo noticia nesta segunda, 3, o The Guardian. Harvey Goldsmith, que ao lado de Bob Geldof foi responsável pelo Live 8, referiu-se apenas aos anúncios publicados na imprensa durante o fim de semana sobre um show de reunião da banda no dia 2 de outubro. Suspeita que "pelo menos quatro shows anunciados não existam ou que não estejam com ingressos à venda ou com datas confirmadas", disse. O produtor não deixou claro se está envolvido na produção dos shows do Led Zeppelin, mas afirmou ter informado o Departamento de Cultura, Mídia e Esportes para que investiguem a propaganda enganosa. A banda terminou quando o baterista John Bonham morreu, em 1980, após tomar dezenas de doses de vodca. Os demais componentes da banda, o guitarrista e produtor Jimmy Page, o vocalista Robert Plant e o baixista e tecladista John Paul Jones voltaram a se reunir em 1985, com o baterista Tony Thompson no lugar de Bonhamm, durante o show do Live 8. Daí a provável ligação do produtor Harvey Goldsmith com a banda. Robert Plant, no entanto, reage com ironia aos comentários sobre a volta do grupo.

Tudo o que sabemos sobre:
Led Zeppelin

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.