Faro apurado para perfumes raros e também para o crime

Faro apurado para perfumes raros e também para o crime

O romance O Perfume, de Patrick Süskind, foi um dos grandes sucessos dos anos 1980, mas sua versão para o cinema só chegou em 2006. A espera, no entanto, foi compensada pela evolução tecnológica, o que torna o filme dirigido pelo alemão Tom Tykwer mais atraente. Confira no Telecine Cult, às 17h10.

Ubiratan Brasil, O Estado de S.Paulo

31 de março de 2010 | 00h00

Na França do século 18, Jean Baptiste Grenouille é dono de um raro faro, que o deixa obcecado por odores. Ele se torna aprendiz de um eminente perfumista, que lhe ensina a antiga arte de extrair perfumes de óleos e ervas preciosas. Até o dia em que ele sente um odor que o leva a uma aterrorizante busca pelo perfume mais poderoso do mundo, feito da essência de jovens virgens.

Embora obviamente não consiga exalar nenhum cheiro, o filme de Tykwer é repleto de imagens que estimulam o espectador a recriar diversos odores. É tanto o caso da imundície que inunda as ruas de Paris como os delicados perfumes criados pelo mestre do rapaz, exemplarmente interpretado por Dustin Hoffman, veterano ator com inúmeros recursos.

Zoando na Escola

14H15 NO SBT

(How to Eat Fried Worms). EUA, 2006. Direção de Bob Dolman, com Luke Benward, Hallie Kate Eisenberg, Adam Hicks, Tom Cavanagh.

Menino enfrenta o maior valentão da nova escola, que o desafia a comer dez minhocas em um só dia. Esquecendo que seu estômago poderia não "suportar" o cardápio, o garoto arrisca tudo para conquistar o respeito dos novos colegas. Comédia juvenil, sem grandes credenciais. Reprise, colorido, 83 min.

Zenon: A Corrida Para a Lua

15h55 NA GLOBO

(Zenon: Z3). EUA, 2004. Direção de Steve Rash, com Kirsten Storms, Lauren Maltby, Alyson Morgan, Stuart Pankin, Holly Fulger, Glenn Mcmillan.

Menina conhecida por Zenon Kar quer ir ao festival de música Moonstock. Só que, para isso, precisa ganhar um campeonato de adolescentes. E o problema não será enfrentar apenas sua principal rival - há um movimento que luta para impedir a colonização da Lua. Telefilme dos estúdios Disney, com pouca (ou nenhuma) graça. Reprise, colorido, 81 min.

A Paixão de Cristo

23 H NA RECORD

(The Passion of the Christ). EUA, 2004. Direção de Mel Gibson, com James Caviezel, Maia Morgenstern, Monica Bellucci, Hristo Jivkov e Hristo Shopov.

As últimas 12 horas da vida de Jesus de Nazaré). Da traição de Judas à crucificação, o filme reforça o clima pesado, exagerando nos detalhes da violência. Quando lançado em 2004, o filme provocou polêmicas, especialmente por criar uma mentalidade racista, principalmente entre os mais jovens. Na época, Gibson se defendeu dizendo que abusou da violência como metáfora sobre a destruição do corpo que não quebra. Há exageros, como a lágrima que o Senhor verte pelo Filho na última cena, mas ainda continua um filme forte, em particular na semana da Páscoa, quando o comum são filmes amenos e edulcorados. Reprise, colorido, 126 min.

Intercine

1H55 NA GLOBO

A emissora exibe o preferido do público selecionado entre Vidas em Fúria, de Martin Schenk, com Liesel Matthews, Blake Heron, Adam Lavorgna, sobre quatro amigos adolescentes entediados com as próprias vidas que embarcam em uma aventura que termina com a morte acidental de um fazendeiro das redondezas. Apavorados, eles se dão conta do ato que cometeram quando um novo acidente os deixa ainda mais aterrorizados; e Supercross, de Steve Boyum, com Mike Vogel, Cameron Richardson, Sophia Bush, Aaron Carter, Channing Tatum, sobre dois irmãos que, após a dolorosa morte do pai, precisam dar apoio um ao outro e retomar suas vidas. Juntos, eles vão fazer de tudo para vencer o campeonato de supercross.

Amanhã

A Globo exibe amanhã, no Intercine, o preferido entre Romeu + Julieta, de Baz Luhrmann, com Leonardo DiCaprio, Claire Danes, Paul Sorvino, versão moderna da clássica história de Shakespeare sobre o amor proibido entre jovens de famílias rivais. A ação se desloca da Itália para Verona Beach e ganha contornos musicais, especialmente pelo apreço (e bom gosto) de Luhrmann na escolha do repertório (EUA, 1996, fone 0800-70-9011); e Nove Meses, de Chris Columbus, com Hugh Grant, Julianne Moore, Jeff Goldblum, Joan Cusack, sobre psicólogo infantil que entra em crise quando sua namorada fica grávida. Os nove meses que se seguem viram uma verdadeira catástrofe para o futuro papai, que não sabe ao certo se está preparado para a paternidade. Refilmagem de Neuf Mois, de Patrick Braoude, com a vantagem da boa noção de Columbus para a comédia (EUA, 1995, fone 0800-70-9012).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.