Fantástico abre espaço a drama infantil no País

Reportagem que consumiu um ano de Marcelo Canellas, Era Vidro e Se Quebrou ganhará excepcionais 45 minutos no Fantástico deste domingo, reunindo histórias impressionantes sobre violência infantil. A equipe foi a hospitais, delegacias e conselhos tutelares em prol da defesa de crianças e jovens vítimas de agressões físicas e sexuais em todo o País. "É uma colagem de histórias impressionantes de crueldade e agressões gratuitas, mas também de generosidade e respeito à infância, e por isso de esperança de que a criança pode ser tratada com dignidade", diz Canellas. Um dos adultos que hoje ajuda crianças nessa situação foi uma criança espancada sistematicamente pela mãe até os 12 anos, tendo até entrado em coma.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.