Família recebe cinzas de Jorge Amado

O filho de Jorge Amado, João Jorge, retirou as cinzas do escritor hoje pela manhã no Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador. Amanhã, no dia em que Amado completaria 89 anos, Zélia Gattai, os filhos e os netos vão espalhar as cinzas no pé da mangueira do jardim da casa do escritor no RioVermelho, atendendo a um de seus últimos desejos. João Jorge lembrou com saudade que além de terfalado várias vezes deste desejo aos familiares, seu pai fez questão deperpetuá-lo num dos últimos livros que escreveu, Navegação deCabotagem. "Nesse canto de jardim quero descansar quando chegar a minhahora", lembrou João Jorge. A árvore foi plantada no local há 40 anos, logo depois de Amado e Zélia adquirirem a casa, e era um dos locais preferidos do escritor. Jorge Amado morreu na segunda-feira, e seu corpo foi cremado ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.