Família Brasil Neparlepá

"Ne parle pas devant la petite" foram as primeiras palavras que a Norinha aprendeu em francês. Ela tinha 4 anos e já sabia algumas palavras em inglês, que ouvia na TV, como "yes" e "let's go", mas as primeiras palavras em francês foram aquelas que sua mãe repetia muito em conversas com seu pai: "Ne parle pas devant la petite".

O Estado de S.Paulo

05 de fevereiro de 2012 | 03h00

Norinha usava seu extenso vocabulário para falar com suas bonecas. "Yes" e "let's go" e "ne parle pas devant la petite". E uma vez divertiu um grupo de pessoas que visitavam seus pais parando no meio da sala e gritando:

- Ne parle pas devant la petite!

- Onde foi que você aprendeu isso, menina?!

Todos acharam muita graça. Menos a mãe da Norinha, que ficou preocupada. A Norinha ouvia tudo. Tinha curiosidade sobre tudo. Em pouco tempo estaria perguntando o que significava aquele neparlepá que sua mãe tanto dizia.

0 0 0

Norinha cresceu, aprendeu que "ne parle pas devant la petite" queria dizer "não fale na frente da criança" e nem precisou perguntar pra mãe o que não era para ela ouvir nas discussões do casal, ou quando a conversa ficava só para adultos. O casamento deles estava se dissolvendo, eles queriam poupar a filha disso. E coisas como sexo e as maldades do mundo não eram para os ouvidos de uma criança.

- Vocês esperavam mesmo que eu não fosse notar que o casamento de vocês estava em crise? E que eu acabaria sabendo tudo sobre o que vocês tentavam esconder, não falando na frente da criança?.

- Naquele tempo era assim, minha filha. Hoje...

0 0 0

- Hoje? - disse Norinha. - Eu vou lhe contar como é hoje.

E Norinha contou que, quase que por nostalgia, usara a frase da mãe na sua casa. Ela e o marido estavam comentando os excessos de um programa de televisão na presença dos meninos e ela dissera "ne parle pas devant les petits". E Julio, o marido, dissera:

- Ahn?

- Ne parle pas devant les petits. É uma frase em francês que quer dizer...

- Eu sei o que quer dizer. Mas ninguém mais usa essa frase, Norinha.

- Eu sei. É que...

- Há uns 40 anos essa frase não é usada. Nem na França.

- Eu só acho que certas coisas o Marquinhos e o Lucas ainda não estão em idade de ouvir.

- Eles ouvem na rua. Ouvem na escola. Ouvem em toda parte. É só ligarem a televisão que ouvem tudo.

- Mas não ouvem dos pais deles.

- E você acha isso certo, ou acha uma hipocrisia?

0 0 0

E Norminha disse para a mãe que concordava com Julio, que era uma hipocrisia. Mas que mesmo assim começara a usar a frase, quase como um protesto contra os tempos em que tudo é dito e tudo é ouvido por todas as idades. Só que a frase tem tido um efeito inesperado. Quando ela pede para o marido "ne parle pas devant les petits", Lucas, o menor, diz:

- Ih... Olha o neparlepá. Lá vem sacanagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.