"Fama" estréia hoje em ritmo de "BBB"

A 3.ª edição do reality show musical Fama estréia hoje na Globo após o Caldeirão do Huck. Nosso American Idol tupiniquim retorna à programação da Globo e lá permanece até 7 de agosto, de olho numa maior participação do público e, conseqüentemente, em números de audiência mais expressivos. Ao contrário das duas edições anteriores, os professores cumprirão somente o papel de aprimorar o talento dos participantes e não concentrarão mais o poder de veto ou de voto. Nesta versão, a decisão de quem permanecerá ou não na Academia Fama será delegada unicamente ao telespectador, via internet, torpedo ou telefone. Esta e outras mudanças têm, por trás, a mão forte do diretor Boninho, o homem dos reality shows da Globo. É indiscutível seu mérito em transformar Big Brother Brasil num programa de grande sucesso. Boninho não quis mexer na essência do formato original de Fama - ou seja, os alunos continuam confinados na academia, onde recebem aulas para melhorar suas aptidões no canto e na postura -, mas fez alguns ajustes, como na já citada interatividade do público e na valorização da personalidade, da individualidade do participante. Esta última, é bem verdade, recebeu pouca atenção nas outras edições, o que impediu que muitos participantes expusessem todo seu potencial. A partir de agora, Angélica assumirá sozinha o comando do programa, que ants dividia com Tony Garrido. Para Boninho, a fórmula de ter apenas um apresentador, já experimentada e aprovada no BBB, "ajuda a consolidar os conceitos do programa". Nesta edição, grande desafio da direção está em fazer valer o objetivo original do programa, que é justamente o de alçar o vencedor ao sucesso - o que não se concretizou com Vanessa Jackson e Marcus Vinicius, vencedores na 1.ª e 2.ª edições, respectivamente. Desta vez, a Globo não se envolverá na produção do CD do ganhador: ele será agraciado com um carro, a produção de um show e a divulgação de seu álbum. O cantor Emmerson Nogueira é um dos primeiros convidados especiais de Fama e já gravou sua participação no final de maio. Fique atento a uma das participantes do programa, que responde pelo nome de Mariana Pereira. Qualquer semelhança com Fafá de Belém não é mera coincidência. Ela é filha da cantora e do saxofonista Raul Mascarenhas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.