Extras das Celebridades de Hollywood

Celebridades de Hollywood fazemcomerciais de TV de todo tipo de produto, mas o públicoamericano nunca vê nada. Até agora. Uma série de web sitespassou a mostrar os anúncios feitos em vários países,principalmente no Japão, por astros e estrelas do cinema. Ainiciativa já rendeu até alguns processos na Justiça de artistasque não querem que os americanos saibam que eles aumentam suascontas bancárias ao endossar produtos que vão de chá a cartõesde crédito e sistema de TV por assinatura. Um dos web sites mais populares fica no endereçohttp://www.Japander.com e é produzido pelo canadense Al Soiseth,que dá aulas de inglês no Japão. Ele grava comerciais de TV ecoloca as imagens na página. A popularidade do web site não temcaído bem entre representantes legais de nomes como Meg Ryan,Leonardo DiCaprio e Arnold Schwarzenegger, que mandaram cartascom ameaças de processos se os anúncios não fossem retirados doar. O motivo? Para começar, celebridades não fazem"televisão". A verdade mesmo é que não querem ser vistas comonomes que "já eram" ou querem "vender a alma" para aumentaro orçamento. Ryan promoveu uma marca de chá, DiCaprio endossou ocartão de crédito Orico e Schwarzenegger usou peruca e bigodepostiço em um anúncio da DirectTV. Advogados desta empresa dizemque o web site infringiu os direitos autorais do ator.Japander.com tem comerciais de mais de 70 celebridades: HarrisonFord bebe cerveja Kirin depois da sauna, Madonna diz que é"pura" para promover o sakê Takara, Jennifer Lopez dirige umSubaru, Jodie Foster está atrás do volante de um Honda Civic eNicolas Cage promove uma máquina de fliperama. A página de entrada define "Japander" como "oestrangeiro que usa sua fama para ganhar muito dinheirorapidamente ao promover produtos no Japão que ele provavelmentenunca usaria". Outra definição: "Fazer papel de palhaço namídia japonesa." O cardápio do web site também inclui WinonaRyder em um Subaru, Cameron Diaz e Ewan McGregor em uma escolade inglês e marcas de café pronto em lata promovidos por váriascelebridades (novamente McGregor, Mariah Carey e Kevin Costner,entre outros). Há até personagens de desenhos animados, como OsSimpsons e Wallace & Gromit. O campeão absoluto de merchandising no exterior é BradPitt, rosto conhecido até dos consumidores brasileiros. O ator,que promove no país o carro Corolla, da Toyota, tem nada menosdo que três seções dedicadas apenas a ele na página. O anúnciobrasileiro do novo Corolla é o mesmo que foi exibido na Ásia.Apenas a trilha sonora foi mudada: de Breaking into Style,de Ricky Martin, para New Sensation, do grupo australianoINXS. O slogan da campanha é "Novo Corolla 2003, a novasensação". No web site Gaijin a Go-Go (http://www.gaijinagogo.com),é possível assistir a Leo promover o carro Suzuki Wagon-R ("Go,Wagon-R! Don´t give up, my little friend!"). Na América, oator/ambientalista é fã do Toyota Prius, um carro híbrido(elétrico e à gasolina), que polui muito menos do que veículosconvencionais. A página também tem comerciais de Sean Connery(Mazda), Antonio Banderas (Subaru) e Demi Moore (Jog MateProtein Goo). Outros anúncios de 1998 a 2001 podem ser conferidos napágina http://www.klein-dytham.com, da firma de arquiteturaKlein Dytham. Basta clicar em "Sold Out" para ver NaomiCampbell beber Iced Tea da marca Lipton, Stevie Wonder "pegarfogo" com outro café em lata e Bruce Willis promover diamantes.A página não tem vídeos, apenas anúncios impressos. Em alguns países, já começou uma reação contra a invasãohollywoodiana na propaganda. Na Malásia, o governo proibiu oanúncio de Pitt para o Toyota Altis. A explicação oficial é queo galã loiro "planta um senso de inferioridade entre osasiáticos". Ao mesmo tempo, as celebridades conquistam uma novamina de ouro, a Itália. Nomes como Marlon Brando, Robert DeNiro,Woody Allen, Harrison Ford, Richard Gere e até Nelson Mandelapromovem de chocolates a lâmpadas, de carros a telefonescelulares.

Agencia Estado,

06 de janeiro de 2003 | 15h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.