Exposição retrata história dos videogames

O Itaú Cultural promete dar uma lição sobre games na exposição Game o Quê?, cujo vernissage será realizada hoje à noite para convidados. O público em geral poderá conferir a mostra, gratuitamente, a partir de amanhã até o dia 21 de setembro. Trata-se da primeira exposição do gênero no País, em que serão abordados a história dos videogames, suas etapas de desenvolvimento e, atualmente, seu papel no mundo digital. Game o Quê? será uma exposição essencialmente interativa e os visitantes vão ter a oportunidade de jogar títulos que marcaram época.Surgidos nos anos 60, nos porões do Massachusetts Institute of Technology (MIT), os videogames foram aprimorados ao longo dos anos, passaram pela profissionalização industrial até atingirem o status de expressão artística e viraram febre entre crianças e jovens. O Instituto Itaú Cultural dedicará dois pisos ao tema. O primeiro vai reunir oito tipos de jogos, projetados nos telões e que poderão ser visualizados simultaneamente, para que o visitante tenha uma noção melhor da evolução dos videogames. Para facilitar a vida dos aficionados, será instalada uma vitrine ao lado de cada jogo, com gráficos de áudio e de comportamento dos personagens. Entre os jogos disponíveis nesse piso estarão Space Wars (primeiro jogo eletrônico e a primeira simulação de computador com representação gráfica); Pitfall (lançado originalmente para o Atari 2600); e Sonic (bem-sucedido lançamento de 1990), entre outros. No piso superior, tecnologia de última geração - Já no segundo andar estarão em foco os games mais avançados, com tecnologia 3D. Por lá, os visitantes vão encontrar títulos como Fifa - 2002 Fifa World Cup - considerado um dos mais bem acabados videogames de esporte - e Black and White, entre os jogos de guerra e estratégia, foi um dos primeiros a abordar questões éticas. E não podia faltar, claro, o badalado Enter the Matrix, videogame inspirado no filme The Matrix Reloaded. O jogo eletrônico é também uma das mais caras produções realizadas no gênero até hoje. Outra atração da mostra será o projeto Paulista 1919, uma obra de realidade virtual que começou a ser desenvolvida no início do ano passado pelo laboratório de mídias interativas do Itaú Cultural, o Itaulab. Dentro desse ambiente virtual, o visitante terá a sensação de entrar numa máquina do tempo e ser transportado para a Avenida Paulista do início do século passado, com suas velhas alamedas, caminhos de bonde e cenários hoje só registrados nos livros de história. Serviço: "Game o Quê?" De terça a sexta, das 10 às 21 horas; sábado, domingo e feriado, das 10 às 19 horas. Grátis. Itaú Cultural. Avenida Paulista, 149, tel. 3268-1776. Até 21/9. Abertura hoje, às 19h30, para convidados

Agencia Estado,

29 de julho de 2003 | 11h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.