ALEX SILVA/ESTADÃO
ALEX SILVA/ESTADÃO

Exposição mostra as memórias de 2014 pelas lentes do fotojornalismo

Copa do Mundo, crise hídrica e protestos são alguns dos temas das 80 imagens presentes na mostra anual da Arfoc-SP

Camila Molina, O Estado de S. Paulo

20 Janeiro 2015 | 03h00

Entre as 562 fotografias inscritas para a realização da mostra FotoRetrospectiva 2014 da Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Estado de São Paulo (Arfoc-SP), a Copa do Mundo no Brasil prevaleceu como tema. Na festa de encerramento da partida entre Argentina e Alemanha no estádio do Maracanã, em julho, no Rio, o fotógrafo Alex Silva, do Estado, virou sua câmera para registrar também a multidão de colegas que estavam lá, como ele. Retrato do ofício, que ainda destaca a superlatividade do evento através de sua composição formal, a imagem está entre as 80 selecionadas para a 10.ª exposição anual da entidade de fotojornalistas, a ser inaugurada nesta terça-feira, 20, em espaço do Shopping Ibirapuera.

“Em fotojornalismo, a primeira coisa importante é o valor-notícia; a segunda, usar a plasticidade para informar; e a terceira, a criatividade porque hoje todo mundo fotografa com seus celulares e as próprias empresas de comunicação pedem que os leitores enviem suas imagens para serem usadas”, diz Armando Fávaro, editor-assistente de imagem do Estado e um dos curadores da FotoRetrospectiva 2014 da Arfoc-SP.

Para Fávaro, a vista aérea da represa de Atibainha em Nazaré Paulista, que integra o sistema Cantareira, realizada em novembro por Nacho Doce, da Reuters, é um dos principais exemplares do que pode ser considerada uma bela obra de fotojornalismo – informa sobre um caso urgente, a crise hídrica paulista e ainda se apresenta como uma “maravilhosa” composição quase abstrata, em verde e marrom. “Foi capa em todos os jornais”, conta o curador, que selecionou as fotografias – algumas inéditas – integrantes da exposição ao lado de Erivam de Oliveira, professor de fotojornalismo da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), e de Eugênio Goulart, fotógrafo e ex-diretor do jornal Meio&Mensagem.

Além da Copa de futebol e da falta de água em São Paulo, outros fatos importantes também foram marcantes em 2014, como as eleições no País e as manifestações populares desde 2013. Exibidas em painéis de 75 cm X 55 cm, imagens coloridas e em preto e branco rememoram o ano pelo olhar atento de 61 fotógrafos – ou faz o espectador até mesmo surpreender-se pela abrangência de pontos de vista dos profissionais associados.

Mas o panorama de 2014 não se constrói apenas por imagens factuais, como também por retratos de personalidades da cultura e da política, por exemplo. Entre os destaques dessas obras, segundo Fávaro, está o registro do cantor e compositor Paulinho da Viola realizado em outubro por Eduardo Nicolau, editor de Imagem do Estado.

FOTORESTROSPECTIVA 2014

Shopping Ibirapuera. Avenida Ibirapuera, 3.103, Piso Jurupis. 10 h/ 22 h. Grátis. Até 15/2. Abertura hoje (20), 19 h, para convidados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.