Exposição leva múmias do Egito à Escócia moderna

A tecnologia moderna revela os segredos mantidos por milhares de anos pelas múmias egípcias em uma exposição do Museu Nacional da Escócia.

REUTERS

15 de fevereiro de 2012 | 15h53

Cientistas usaram técnicas avançadas de escaneamento nos corpos mumificados de uma jovem mulher e de uma garota e também têm planos de analisar o DNA deles para descobrir se as duas eram parentes.

A exposição, que inclui as múmias e objetos datados de 6 mil anos atrás das coleções do museu escocês e do Museu Nacional de Antiguidades de Leiden, na Holanda, foi aberta no fim de semana e vai até 27 de maio, quando partirá para a Espanha.

A exposição foi montada num espaço especialmente construído para essa finalidade durante uma reforma de 47 milhões de libras do museu de Edimburgo finalizada em julho.

O novo espaço permitiu que o museu exponha objetos que não eram vistos pelo público há gerações. Autoridades afirmaram que três milhões de pessoas visitaram o museu desde julho.

(Por Ian MacKenzie)

Tudo o que sabemos sobre:
ARTEESCOCIAEXPOSICAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.