Exposição lança 3.º Prêmio Sergio Motta

Para lançar o 3.º Prêmio SergioMotta, destinado a projetos artísticos produzidos em novasmídias e tecnologias, será aberto sábado, no Paço das Artes, umaexposição com nove trabalhos feitos por 11 artistas premiados noano passado: Sonia Andrade, Laércio Redondo, Bruno Lima, CaioReisewitz, Leandro Selister, Ricardo Barreto, Paula Perssinoto,André Mehmari, Lara Pinheiro, Lea Van Steen e Silvia Laurentis. A mostra marca a abertura das inscrições da edição desteano, que vão até 19 de julho. Além da exposição, o eventocontará com o lançamento de uma publicação que foi fruto de umfórum feito em novembro de 2001 sobre as novas mídias nasartes. O Prêmio Sergio Motta foi criado em 2000, mas ainiciativa já datava do governo de Mário Covas, que queriahomenagear o ministro das Comunicações, Sergio Motta, morto em1998. Desse modo, foi feita uma parceria entre a Secretaria deEstado da Cultura e o instituto que leva o nome do ex-ministro. O prêmio é voltado para a produção artística criada oupensada por meio da arte eletrônica e da arte digital. Eleaceita trabalhos feitos em diversas áreas como artes visuais,música, dança e performance, internet, literatura, poesia visual, site, CD-ROM, revista eletrônica, publicações, filmes, pesquisa, curadoria e realidade virtual, entre outros. Mas seu chamarizé, certamente, incentivar as novas tecnologias. "Pensamos que oprêmio tinha de ter uma característica própria, mas que nãocompetisse com outros que já existiam e que são voltados paraáreas específicas. A arte contemporânea tem pouco incentivo,ainda mais a arte tecnológica", diz Renata Motta, filha doministro e uma das organizadoras do prêmio. Toda a supervisão técnica desse projeto, desde suaconceituação até a demarcação das categorias, é deresponsabilidade de Daniela Bousso. Nesta terceira edição, serãodados três prêmios de R$ 20 mil para trabalhos já concluídos;quatro bolsas de R$ 15 mil para projetos que ainda serãorealizados; e um prêmio hors concours de R$ 20 mil. Uma comissãovai selecionar 20 trabalhos inscritos, que serão divulgados emagosto, e em novembro serão revelados os vencedores. A comissão de seleção deste ano é formada por Ana Tavares,Giselle Beiguelman, Christine Mello, Hermano Vianna, IvanaBentes, Lara Pinheiro e pelo crítico de arte Tadeu Chiarelli.Cada um deles é de uma das áreas que o prêmioabrange.Inscrições - Poderão ser inscritos trabalhos feitosentre maio de 2000 e 2002 e projetos de obras. Cada autor podeinscrever um trabalho e enviar cópias em fita VHS, fotografias,CDs, entre outros, dependendo da obra e da mídia escolhida. Asinscrições podem ser feitas pessoalmente no Instituto SergioMotta, localizado na Rua Quatá, 807, das 10 às 17 horas; pormeio do site www.premiosergiomotta.org.br; ou pelo correio,remetida para o instituto (mesmo endereço, CEP 04546-040). Maisinformações pelos telefones (0--11) 3662- 2282 e 3868-2461.

Agencia Estado,

23 de maio de 2002 | 16h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.