Exposição em Londres explora risada em diferentes culturas

Artistas de 22 países usam contos de fada e dança do ventre para fazer rir.

Da BBC Brasil, BBC

25 Janeiro 2008 | 06h45

A risada e o humor em 22 nações do mundo são tema da exposição Laughing in a Foreign Language (em tradução literal, Rindo em Língua Estrangeira), que começa nesta sexta-feira na Hayward Gallery, no centro de Londres. Entrevistas falsas com Osama Bin Laden, contos de fadas contemporâneos, conversas sem sentido e dança do ventre são alguns dos recursos usados pelos artistas convidados. A exposição indaga se o humor pode apenas ser apreciado por pessoas que têm experiências culturais, políticas e históricas similares, ou se ele pode, ao contrário, auxiliar na compreensão do que é pouco familiar. Ao todo, a mostra reúne 30 artistas com carreiras internacionais, entre eles os irmãos Jake e Dinos Chapman (Grã-Bretanha), Ugo Rondinone (Suíça), Makoto Aida (Japão) e Doug Fishbone (Estados Unidos). Outros países representados são África do Sul, Austrália, México, Irã, República dos Camarões e China. "A risada é universal", diz o diretor da Hayward Gallery, Ralph Rugoff. "O humor, por outro lado, é socialmente específico." Rugoff diz que a exposição leva o público a explorar "não apenas as diferenças na cultura e no humor, mas também o que une todos nós". Os 80 trabalhos incluem vídeos, fotografias e instalações interativas. Neles, os artistas expõem e até ridicularizam o humor de seus países. Alguns exploram o engraçado que resulta do intraduzível, ou usam o humor para tentar explicar o que não tem tradução. A exposição Laughing in a Foreign Language será realizada de 25 de janeiro a 13 de abril na Hayward Gallery, em Londres. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.