Alain Jocard/ AFP
Alain Jocard/ AFP

Exposição dedicada a Christian Dior bate recorde em Paris

Recém-encerrada, mostra foi a segunda mais visitada na capital francesa no ano passado

AFP

08 Janeiro 2018 | 17h05

Umas 708.000 pessoas visitaram a exposição em Paris dedicada a Christian Dior, um recorde para o Museu de Artes Decorativas, que a acolheu por seis meses, anunciou nesta segunda-feira, 8, o estabelecimento.

A mostra Christian Dior, desenhista de sonhos encerrou no domingo e foi a segunda mais visitada na capital francesa no ano passado, depois da coleção Shchukin na Fundação Louis Vuitton (1,2 milhão de visitas).

É "um recorde absoluto" em termos de visitação para o Museu de Artes Decorativas (MAD), explicou à AFP seu diretor-geral, David Caméo.

A retrospectiva, para a qual diariamente se formaram longas filas de visitantes, foi organizada por ocasião do 70º aniversário da empresa de luxo fundada pelo grande estilista francês Christian Dior (1905-1957).

Foram expostos 300 vestidos de alta costura, mil documentos e uma centena de obras de arte.

O museu tinha previsto inicialmente 400.000 visitantes. Até agora, sua mostra mais bem-sucedida tinha sido a dedicada à boneca Barbie, em 2016 (240.000 visitantes em seis meses).

 

Mais conteúdo sobre:
Christian Dior Louis Vuitton moda

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.