Exploração de TV a cabo tem ágio de 54,3%

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) arrecadará R$ 2,33 milhões com licenças para a exploração de serviço de televisão a cabo em 15 cidades nas regiões Sul e Sudeste. As propostas financeiras foram apresentadas hoje, e representam um ágio médio de 54,3% em relação ao total dos valores mínimos estabelecido pela Anatel.A Agência deverá analisar ainda a documentação jurídica das empresas antes de assinar os contratos. As empresas e as cidades integrantes desta licitação são as seguintes: Ligare, em Alegrete (RS); RCA Company de Telecomunicações, em Aracruz (ES) e Castro (PR); Televisão Mar Azul, em Arujá, Itararé e Jandira (todas no Estado de São Paulo), Valença (RJ), Leopoldina (MG) e Viçosa (MG); Atenas Assessoria e Consultoria, em Campo Belo (MG); Jea Comunicações, em Palotina (PR); Northsat Telecomunicações, em São João da Barra (RJ); Sermatel Comércio e Serviços de Telecomunicações, em Saquarema (RJ); Maxcabo, em Sarandi (PR); e TV Braz, em Timótel (MG).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.