Exibidas obras de falsificador

A Universidade de Cincinnati, nos EUA, vai expor, a partir de hoje, obras que o falsificador Mark A. Landis criou por três décadas - como cópias de quadros de Picasso - e com as quais enganou, por anos, diversos museus norte-americanos, doando-as para suas coleções. "Educar as pessoas sobre os plágios e apresentá-las a Landis é a única maneira de detê-lo", afirmou Mark Tullos, diretor do Museu Universitário de Arte Paul and Lulu Hilliard em Lafayette, Louisiana. A mostra contará com 40 obras doadas para 15 instituições. O falsificador, de 57 anos, nunca foi preso. Segundo contou em entrevista, seu primeiro golpe ocorreu em 1985. / AP

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.